Jean-Claude Duvalier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde fevereiro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Jean-Claude Duvalie "Baby Doc"
33º Presidente do Haiti Haiti
Mandato 21 de abril de 1971
a 1986
Antecessor(a) François Duvalier
Sucessor(a) Henri Namphy
Vida
Nascimento 3 de Junho de 1951 (63 anos)
Haiti
Nacionalidade Haitiano
Dados pessoais
Cônjuge Michèle Bennett (1980–1990)

Jean-Claude Duvalier (3 de junho de 1951, Port-au-Prince), mais conhecido como Baby Doc, é um ex-ditador do Haiti, tendo sucedido seu pai, François Duvalier, no posto de presidente da República.

Em 1957 François Duvalier, o Papa Doc, assumiu a presidência e implantou um regime de terror que durou até sua morte, em 1971. O terrorismo político continuou sob o comando de Jean Claude Duvalier, o Baby Doc, filho de François Duvalier.

Já na década de 1980, com a crise econômica e o empobrecimento da população, o regime de terror perdeu força, até que, em 1985, Baby Doc fugiu para um exílio na França. Entre 1985 e 1990, o Haiti procurou estabilizar sua situação política, mas uma sucessão de golpes militares impediu qualquer organização.

Precedido por
François Duvalier
Coat of arms of Haiti.svg
Presidente do
Haiti

1971 - 1986
Sucedido por
Henri Namphy
Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.