Faustino I do Haiti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Faustino I
Imperador do Haiti
Imperador do Haiti 1849-1859.
Faustino I, Imperador do Haiti, 1849–1859, The Illustrated London News, 16 de fevereiro de 1856.
Governo
Reinado 26 de agosto de 1849 – 22 de janeiro de 1859
Consorte Adélina, Imperatriz do Haiti
Vida
Nome completo Faustin-Élie Soulouque
Nascimento 1782
Petit-Goâve
Morte 1867
Petit-Goâve
Faustin-Élie Soulouque
Presidente do Haiti Haiti
Mandato 2 de março de 1847
a 26 de agosto de 1849

Faustino I do Haiti (nascido Faustin - Élie Soulouque; Petit-Goâve, 1782 – Petit-Goâve, 1867) foi um oficial de carreira e general do exército haitiano, eleito presidente do Haiti em 1847 e proclamado imperador do país em 1849.

Após assumir o trono purgou o exército dos membros da elite branca e mulata que até então dominava o país, colocando em seu lugar, especialmente nos cargos administrativos, negros que eram seus aliados, criando também uma polícia secreta e um exército pessoal. No mesmo ano criou uma nobreza negra. Suas tentativas mal-sucedidas de reconquistar a República Dominicana minaram seu controle da situação no país, no entanto, e em uma conspiração liderada pelo general Fabre Nicolas Geffrard forçou-o a abdicar em 1859.[1]

Referências

  1. Rogozinski, Jan. A Brief History of the Caribbean. revisada ed. Nova York: Facts on File, Inc., 1999. 220 p. ISBN 0-8160-3811-2

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Precedido por:
{{{antes}}}
{{{titulo}}} Vago
Próximo detentor do título:
Fabre Geffrard
Vago
Último detentor do título:
Jacques I
{{{titulo}}} Sucedido por:
{{{depois}}}
Ícone de esboço Este artigo sobre o Haiti é um esboço relacionado ao Projeto América Central. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.