Torreya

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes (desde janeiro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Como ler uma caixa taxonómicaTorreya
Torreya nucifera

Torreya nucifera
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Pinophyta
Classe: Pinopsida
Ordem: Pinales
Família: Cephalotaxaceae
Género: Torreya
Arn.
Espécies
Torreya californica

Torreya fargesii
Torreya grandis
Torreya jackii
Torreya nucifera
Torreya taxifolia

Torreya é um género de coníferas que engloba 6 espécies, incluídas quer na família Cephalotaxaceae, ou na família Taxaceae, quando esta família é considerada em sentido lato. Quatro das espécies são nativas da Ásia e as outras duas da América do Norte. São árvores perenifólias de pequeno a médio porte, 5 a 20 metros (raramente até 25 metros) de altura.

Descrição[editar | editar código-fonte]

As folhas estão dispostas em espiral ao longo dos ramos, mas torcidas na base formando duas filas planas; são lineares, com 2 a 8 cm de comprimento e 3 a 4 mm de largura, com textura dura e uma terminação pontiagua espinhosa.

As espécies deste género podem ser monóicas ou dióicas; quando monóicas, os cones masculino e feminino encontram-se geralmente em ramos diferentes. Os cones masculinos, com 5 a 8 cm de comprimento, estão agrupados em linhas na face inferior dos caules. Os cones femininos são solitários ou agrupados em grupos de 2 até 8 em caules curtos; inicialmente minúsculos, maturam em cerca de 18 meses formando uma estrutura tipo drupa com uma única grande semente tipo noz com 2 a 4 cm de comprimento rodeada por uma cobertura carnuda, de cor verde a púrpura quando totalmente madura. Em algumas espécies, como a japonesa Torreya nucifera (Kaya) a semente é comestível. Pensa-se que a dispersão natural seja ajudada por esquilos que enterram as sementes como fonte de alimento para o inverno; quaisquer sementes não consumidas podem então germinar.

O nome do género remete para John Torrey, um botânico estadunidense.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]