Z-Boys

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Z-Boys
Nome Zephyr Competition Team
Alcunhas Z-Boys
Fundação Década de 70
Localização Santa Mônica, Flag of California.svg Califórnia Estados Unidos EUA
Website Site Oficial
editar

"Z-Boys" ("Zephyr Competition Team") foi um grupo de skatistas de Santa Mônica, Califórnia, formado nos anos 70. Os Z-Boys são considerados um dos grupos mais influentes da história do skate vertical. Boa parte das manobras aéreas e de deslizamento (inventadas por eles) servem de base para o skate vertical até hoje.

História[editar | editar código-fonte]

"Z-Boy" Stacy Peralta (1976).
"Z-Boy" Tony Alva.

Os Z-Boys: Jay Adams, Stacy Peralta, Tony Alva, Shogo Kubo, Bob Biniak, Nathan Pratt, Jim Muir, Allen Sarlo, Chris Cahill, Paul Constantineau, Peggy Oki e Wentzle Ruml (na década de 1970) formavam um time de garotos que andavam de skate e surfavam, pelo chamado Zephyr Team, em Santa Mônica na Califórnia.

Todos eram garotos humildes, que contavam com o apoio de Skip (proprietário da loja Zephyr) e mostraram o seu potencial àqueles que "achavam que andavam de skate". Os "Z-boys" revolucionaram o esporte desde a primeira vez que apareceram nos campeonatos de "elite". A partir daí, o Z-team dominou a cena do esporte nos EUA, sendo inclusive os responsáveis pelo Wall riding (modalidade que os Skatistas dropavam em paredes, manobra conhecida hoje como Wall ride) e pool riding (modalidade que os skatistas andavam em piscinas).

Os "Z-boys" popularizaram o uso das piscinas (vazias) como circuito para praticar manobras de Skate. Na época eles invadiam as casas e passavam horas descendo as paredes, até que os donos ou a polícia aparecessem e os expulsassem.

Atualmente as piscinas (vazias) são usadas como circuito de competições profissionais, além de continuarem populares como ponto de encontro para a prática de skate entre os skatistas profissionais e amadores.

Z-Boy Jay Adams (2011).

A popularidade dos "Z-boys" (do mundo inteiro) é tão grande, que no início dos ano 2000 foram produzidos alguns documentos contando um pouco da história dos membros e do grupo "Z-boys".

Primeiro veio o livro "Dog Town - The Legend of The Z-Boys (2000)" contando em fotos e textos um pouco da história dos "Z-boys". Lançado no ano 2000 por Glen E. Frideman (Pictures archive) e C.R.Stecyk III (The Original stories and selected images) e Publicado por Brurnisg Flags Press (N.Y).

Depois do livro veio o documentário: "Dogtown and Z-boys" - Documentário produzido em 2001 - pelo "Z-boy"' Stacy Peralta. Após o documentário veio o filme "The Lords of Dogtown" - longa-metragem produzido em 2005 - por Catherine Hardwicke, John Linson com roteiro do "Z-boy" Stacy Peralta, contando a história do grupo.

Membros[editar | editar código-fonte]

Membros Originais[1] [editar | editar código-fonte]

  • Estados Unidos Allen Sarlo
  • Estados Unidos Nathan Pratt
  • Canadá Paul Constantineau
  • Estados Unidos Wentzle Ruml IV

"Baby Paul" Cullen[editar | editar código-fonte]

Paul Cullen conhecido como "Baby Paul" foi o membro mais jovem da equipe da Zephyr, dos originais "Z-Boys". Nascido em 1962 "Baby Paul" faleceu no dia 22 de julho de 2009, vitima de uma overdose de heroína. Sua cerimônia foi na igreja católica em Santa Mônica, Califórnia.[4]

Outros Membros[editar | editar código-fonte]

  • Estados Unidos Cris Dawson
  • Estados Unidos Dennis Harney
  • Estados Unidos Donnie Ohem
  • Estados Unidos Jose Galan
  • Estados Unidos Mad Dog Tingle
  • Estados Unidos Paul Hoffman
  • Estados Unidos Tommy Waller

Referências

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal de Skate.
Ícone de esboço Este artigo sobre Skate (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Categorias[editar | editar código-fonte]