Abóbada de berço

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sé de Lisboa: nave coberta por abóbada de berço. Note-se a ausência de Clerestório das janelas, com toda a luz natural a ser fornecida pela janela em Rosácea na extremidade da abóbada.

Abóbada de berço, também referida como abóbada de canudo, abóbada cilíndrica ou abóbada de canhão, é um tipo de abóbada construída como um contínuo arco de volta perfeita.

É um elemento arquitetónico característico da arquitetura romana, retomado posteriormente pela arquitetura do Renascimento. A abóbada de berço apresentava duas desvantagens: o excesso de teto de alvenaria, que podia provocar sérios desabamentos, e a reduzida luminosidade interna resultante das janelas estreitas.A abertura de grandes vãos era impraticável, por enfraquecer as paredes e aumentar o risco de desabamentos

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • LUCIE-SMITH, Edward. Dicionário de Termos de Arte.
  • CARLOS-LUCAS, Elis. Dicionário Aurélio.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.