Abadia de Glastonbury

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ruínas da Abadia

A abadia de Glastonbury foi um mosteiro rico e poderoso da cidade de Glastonbury, no condado de Somerset, na Inglaterra.[1]

Desde pelo menos o século XII, a área de Glastonbury era frequentemente associada à lenda do Rei Artur, uma conexão motivada pelos monges medievais que afirmavam Glastonbury ser Avalon.[2] A abadia foi suprimida e saqueado durante a Dissolução dos Mosteiros pelo rei Henrique VIII da Inglaterra.[2] As ruínas se tornaram atualmente uma atração turística.[3]

Ícone de esboço Este(a) artigo sobre capela, igreja ou catedral é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. «Heritage Gateway - Results». www.heritagegateway.org.uk. Consultado em 25 de maio de 2021 
  2. a b Medievalists.net (9 de setembro de 2018). «The Discovery of King Arthur and Guinevere at Glastonbury Abbey». Medievalists.net (em inglês). Consultado em 25 de maio de 2021 
  3. «Glastonbury Abbey | Visitor Attraction | Somerset UK». www.glastonburyabbey.com. Consultado em 25 de maio de 2021 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Abadia de Glastonbury