Acadêmicos do Campo do Galvão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Academicos do Campo do Galvão
Fundação 31 de março de 1974 (45 anos)
Escola-madrinha Mocidade Independente de Padre Miguel
Cores Azul, Vermelho e Branco
Bairro Campo do Galvão
Presidente de honra Marcos A. Teixeira (Marjão)
www.academicos74.com.br

Acadêmicos do Campo do Galvão é uma escola de samba do carnaval de Guaratinguetá.[1][2][3]

História[editar | editar código-fonte]

A ideia da criação da escola foi gerada em uma quarta-feira de cinzas de 1974, no Bar do Benê, na Rua Padre Inácio, n°20, no Campo do Galvão, onde alguns amigos discutiam sobre o carnaval que se findava.[1] Ali decidiram pela criação de uma nova agremiação, com sede naquele bairro.[1]

Diversos moradores do lugar foram chamados, até que, mais uma vez no Bar do Beni, a escola foi fundada por mais de 30 pessoas.[1] Entre os diversos nomes sugeridos para a agremiação, estavam "Unidos do Campo do Galvão", "Império do Campo do Galvão", "Acadêmicos do Samba ", até que finalmente o nome Acadêmicos do Campo do Galvão foi aceito.[1]

O samba-hino da escola descrito foi composto em 1974, pelo compositor Paulo Mendes Brasil, também conhecido como Paulo Beija Flor. Originalmente, seria um samba enredo para o carnaval de 1975. Embora sua letra não fosse condizente com o enredo “Saudação à Bahia”, sua aceitação foi tão grande pelos componentes, que passou a ser chamado o hino da agremiação.[carece de fontes?]

Com a conquista de 2018, tornou-se a maior Campeã do Carnaval de Guaratinguetá[2][3]

Segmentos[editar | editar código-fonte]

Presidentes[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato Ref.
Darcy Galvão (Darcy Bambu) 1974 - 1979
Luiz Tomas do nascimento (Barra Mansa) 1980 - 1981
Carlos Viriato Rodrigues (Carlinhos Guaraná) 1982 - 1983
Edson Cesar Zangrandi (Zan) 1984 - 1985
Guaracimir Jorge do Nascimento (Guará) 1986 - 1988
Marcos Augusto Teixeira (Marjão) 1989 - 1990
Ivan Sérgio Gabellin (Cabeção) 1990 Faleceu durante o mandato
Antonio de Pádua Antunes Cruz (Tonho Saci) 1990 - 1992
Francisco Alberto de Oliveira Freire (Becinha) 1993 Demitido pelo Conselho Deliberativo
Colegiado 1993
Antônio Carlos Marcondes (Casca) 1994 - 1995
Marco Antonio Nunes Dania 1996 - 1997
José Antonio Antunes de Oliveira (Farolzinho) 1998 - 1999
Hildeberto da Silva Leite (Hil) 2000 Demitido pelo Conselho Deliberativo
Colegiado 2000 - 2002
Dirceu José de Carvalho Ferreira 2003 - 2004
José Roberto Limongi Galvão 2005 - 2006
Haroldo Tupinambá Viana 2007 - 2008
Marli Maria Cortez 2009 - 2011
João Eduardo dos Santos 2012 - 2013
Marcos Cesar Vieira de Abreu (Canário) 2014 - 2018
Luis Gonçalves 2019 - 2020

Presidente de Honra[editar | editar código-fonte]

Nome Mandato
Marcos Augusto Teixeira (Marjão) 1988

Carnavais[editar | editar código-fonte]

Ano Colocação Enredo Carnavalesco
1975 7º lugar Bahia de todos os deuses WagnerRodrigues
1976 5º lugar Lendas e deuses brasileiros Wagner Rodrigues
1977 4º lugar São Paulo de braços abertos Wagner Rodrigues e Guaracy Nascimento
1978 Vice-campeã Se o mar contasse sua história Wagner Rodrigues e Guaracy Nascimento
1979 Campeã Misterioso número 7 Guaracy Nascimento e Márcio Cavalca
1980 4º lugar E fez-se a luz Guaracy Nascimento e Márcio Cavalca
1981 4º lugar Viagem ao desconhecido Guaracy Nascimento e Márcio Cavalca
1982 Campeã E tudo começou com a maçã Guaracy Nascimento e Márcio Cavalca
1983 5º lugar O lado infantil do poeta Guaracy Nascimento e Ivan Gabellin
1984 Vice-campeã Das águas que só nossos avós beberam Guaracy Nascimento
1985 Campeã Nesta terra de aves...quais as de rapina? Guaracy Nascimento
1986 Vice-campeã Se não chover amanhã Guaracy Nascimento
1987 Campeã Sobre o arco sideral, deuses, astros, carnaval Guaracy Nascimento
1988 3º lugar Marajás, xátrias e sudras no país de Cabral Guaracy Nascimento
1989 Campeã Palmares, o descobrimento do Brasil Guaracy Nascimento
1990 5º lugar 442 D.D.B.S. Guaracy Nascimento
1991 Campeã Eu nasci grande e nem sabiam Guaracy Nascimento
1992 Campeã ZYG-2 - Rádio Clube - Som Nini - Primeira festa em seu rádio Guaracy Nascimento
Não houve desfile, em 1993.
1994 Vice-campeã Instituto, quem te viu, quem te vê, Acadêmicos canta você. João Muniz e Sérgio Esbano
1995 4º lugar Brasil, arcano maior no tarô tupiniquim Guaracimir Nascimento
1996 Vice-campeã Vim, Vendi, Venci João Muniz e Sérgio Esbano
Não houve desfile, em 1997.
1998 Campeã Nossa terra é de bamba, é de samba Geraldo Azevedo
1999 Vice-campeã Sol, samba e paixão - Veredas do nosso carnaval Guaracimir Nascimento
Não houve desfile em 2000.
2001 Campeã Brasil outros 500 Geraldo Azevedo
2002 Campeã Planeta Água nossa de cada dia Geraldo Azevedo
2003 Campeã O disfarce da face é a arte da farsa Geraldo Azevedo
2004 Vice-campeã Quanto mais se dá, mais se tem Geraldo Azevedo
2005 Campeã Do Egito ao botequim, o nectar dos deuses Geraldo Azevedo
2006 Campeã O círculo dos céus, a magia dos signos Fransérgio
2007 Campeã Xamãs, cientistas, terapeutas. O Acadêmicos em busca da cura Haroldo Tupinambá
2008 Vice-campeã Cara ou coroa, eis a questão Haroldo Tupinambá
2009 Vice-campeã EMI - Sopro da vida, a mágica da criação Haroldo Tupinambá
Não houve desfile em 2010.
2011 Campeã Das cavernas à estação espacial, vou construindo meu carnaval Fransérgio / Haroldo Tupinambá / Márcio Cavalca
2012 3° lugar Doce de corpo e alma
Não houve desfile em 2013
2014 3º lugar 40 Anos de Samba e Paixão... Acadêmicos, Um Marco para História Lane Santana
Não houve desfile em 2015, 2016 e 2017
2018 Campeã Sou Brasileiro, Melhor do Brasil Guaracimir Nascimento / Renata Luiza Reluz
2019 Vice-campeã Colônia do Piagui! Eu vim de lá e sou daqui! Márcio Cavalca / Renata Luiza Reluz



Referências

  1. a b c d e [1]
  2. a b «Prefeitura Estância Turística Guaratinguetá | Prefeitura Estância Turística Guaratinguetá». guaratingueta.sp.gov.br. Consultado em 17 de fevereiro de 2018 
  3. a b «Guaratinguetá». Wikipédia, a enciclopédia livre. 5 de fevereiro de 2018