Acatisia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A acatisia (do grego antigo καθίζειν , transl. kathízein: "sentar", acrescido do prefixo "a", que expressa negação ou ausência; literalmente significa "incapacidade de sentar") é uma síndrome psicomotora que se manifesta pela impossibilidade de estar parado, sentado. Caracteriza-se pela inquietação, ansiedade, parestesia, agitação, vontade de mover-se todo o tempo. É frequentemente causada pelo consumo de antipsicóticos.

A síndrome pode variar de um leve senso de desassossego ou ansiedade a uma total incapacidade de se manter parado, acompanhado de uma grande ansiedade e disforia severa (que se manifesta como uma enorme sensação de terror), tremedeira e transtornos musculares (principalmente no pescoço e boca - com a sensação de "morder pra dentro"). A condição é difícil para o paciente descrever e é frequentemente diagnosticada erroneamente. Quando diagnosticada incorretamente (principalmente se for confundida com psicose), mais antipsicóticos podem ser receitados, o que resulta na piora dos sintomas.

O escritor e criminoso americano Jack Henry Abbot descreveu, em 1981, os efeitos da acatisia produzida por antipsicóticos:

As drogas dessa classe não acalmam nem sedam os nervos. Elas atacam. Elas atacam do fundo de você, você não consegue localizar a origem da dor… Os músculos da sua mandíbula ficam descontrolados, então você começa a morder a boca por dentro, a mandíbula trava e a dor palpita. Durante horas, todos os dias, isso acontecerá. Sua coluna vertebral endurece tanto que você mal consegue mexer a cabeça ou o pescoço, e, às vezes, suas costas se curvam como um arco, e você não consegue ficar em pé. A dor "mói" os seus nervos… Você sofre com a inquietação e sente que tem que andar, caminhar. E então, assim que você começa a caminhar, o oposto acontece: você precisa se sentar e descansar. Na frente, atrás, em cima, embaixo, você continua com uma dor que não consegue localizar, uma ansiedade desgraçada que te esmaga, porque você não sente alívio "nem respirando".
Jack Henry Abbot

A acatisia é um efeito adverso dos neurolépticos (antipsicóticos), tais como as butirofenonas (Haldol), e não deve ser confundida com manifestações motoras ligadas à ansiedade.

Tratamento[editar | editar código-fonte]

Estudos mostram que betabloqueadores, benzodiazepí­nicos e anticolinérgicos são eficazes para controlar temporariamente os movimentos involuntários, sendo os betabloqueadores de ação central os mais eficazes no tratamento causado por antipsicóticos.2


Referências

  1. ABBOT, J. H. In the Belly of the Beast (1981/1991). Vintage Books, 35–36. Citado em WHITAKER, Robert, Mad in America (2002), p. 187. ISBN 0-7382-0799-3.
  2. LIMA, Adriano Resende; BACALTCHUK, Josué and FERRAZ, Marcos PT. Tratamento farmacológico de acatisia induzida por antipsicóticos. Rev. Bras. Psiquiatr. [online]. 2001, vol.23, n.2 [cited 2010-09-09], pp. 110-116 . Available from: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1516-44462001000200010&lng=en&nrm=iso>. ISSN 1516-4446. doi: 10.1590/S1516-44462001000200010.