Olanzapina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estrutura química de Olanzapina
Olanzapina
Star of life caution.svg Aviso médico
Nome IUPAC (sistemática)
2-metil-4-(4-metil-1-piperazinil)-
10
H-tieno[2,3-b][1,5]benzodiazepina
Identificadores
CAS 132539-06-1
ATC N05AH03
PubChem 4585
DrugBank 132539-06-1
Informação química
Fórmula molecular C=17
Massa molar 312.439
Farmacocinética
Biodisponibilidade  ?
Metabolismo Hepático
Meia-vida 21-54 horas
Excreção renal
Considerações terapêuticas
Administração Oral ou intramuscular a cada 2 semanas
DL50  ?

Olanzapina é um medicamento antipsicótico atípico ou neurolépticos de segunda geração, sendo estruturalmente similar a clozapina e classificado como tienobenzodiazepina. Sua patente expirou em 2011, podendo ser encontrada na forma genérica em todo o mundo. Seus nomes comerciais incluiam: Midax, Ziprexa Zidis, Zalasta, Zolafren, Olzapin, Rexapin e Simbiax (combinado com fluoxetina). É um dos neurolépticos mais usados no mundo.[1]

Indicações[editar | editar código-fonte]

Pode ser usado no tratamento de[1] :

Farmacodinâmica[editar | editar código-fonte]

Tem maior afinidade para bloquear os receptores D2 (dopaminérgicos) e 5-HT 2A (serotoninérgico) e menor afinidade para o alfa-1 (adrenérgico), H1 (histamínico) e mAch (muscarínico).

Efeitos Colaterais[editar | editar código-fonte]

Caixa de 10mg

Os efeitos mais freqüentes são:

  • Aumento de peso,
  • Dislipidemia,
  • Dores de cabeça,
  • Sonolência,
  • Insônia,
  • Agitação,
  • Nervosismo,
  • Irritabilidade,
  • Ouvir zumbidos,
  • Sensibilidade a luz.

De forma menos comum podem surgir contrações musculares, enrijecimento dos músculos, inquietação. Raramente causa síndrome neuroléptica maligna.

Contra-indicações[editar | editar código-fonte]

Pacientes com problemas cardiovasculares e de epilepsia devem usar com precaução, e pacientes com glaucoma devem evitá-lo. Ao contrário de outros antipsicóticos, a olanzapina não deve ser utilizada por pacientes idosos ou com demência, pois aumenta o risco de infarto. Como todos os antipsicóticos é preferível evitá-lo durante o primeiro trimestre da gestação.

Sobredose[editar | editar código-fonte]

Doses maiores que 400mg sem preparação adequada podem causar taquicardia, agitação, disartria, alteração da consciência e coma.


Star of life caution.svg
Advertência: A Wikipédia não é consultório médico nem farmácia.
Se necessita de ajuda, consulte um profissional de saúde.
As informações aqui contidas não têm caráter de aconselhamento.

Referências