Receptor 5-HT2A

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

5HT-2A é um tipo de receptor que pertence à família de receptores de serotonina e é um membro da família de receptores acoplados a proteína G (GPCR). 5HT2A está envolvido na contração do músculo liso traqueal, broncoconstrição e no controle da produção de Aldosterona entre outras funções Fisiológicas. O receptor também é necessário para a propagação do vírus do polioma humano chamado vírus JC. 5HT2A é amplamente expresso em todo o sistema nervoso central (SNC) e em várias partes do corpo de Mamíferos. É expressa perto da maioria das áreas ricas em serotonina, incluindo Neocórtex e tubérculo olfatório. O aumento da estimulação dos receptores 5HT2A parece opor-se às ações terapêuticas de aumento da estimulação de outros receptores de serotonina em tratamentos antidepressivos e ansiolíticos.[1]

Antagonistas[editar | editar código-fonte]

  • Nefazodona (não seletivo) antidepressivo
  • Mirtazapina (não seletivo) antidepressivo
  • Ritanserina (não seletivo) produto para pesquisa
  • Olanzapina (não seletivo) antipsicótico
  • Risperidona (seletivo em baixa dose) antipsicótico
  • Pimavanserina (seletivo) antiparkson/antipsicótico
  • existem muitos outros, como, amitriptilina, trazodona, maprotilina; etc. (todos não seletivos).[2]

Referências

  1. «5HT2A Receptor Antibody, pAb, Rabbit- GenScript, AAALAC International Accredited Animal Facility». www.genscript.com. Consultado em 25 de novembro de 2016 
  2. «Sobre todos os remédios no autismo». Universo Autista. 23 de agosto de 2015