Anticolinérgico

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A atropina é obtida a partir da Atropa belladonna (beladona), antigamente usada para dilatar a pupila e aliviar a asma.

Anticolinérgicos podem ser substâncias extraídas de plantas ou ser sinteticamente produzidas. Sua característica é inibir a ação da acetilcolina. Os anticolinérgicos são classificados como diretos e indiretos. Os anticolinérgicos diretos também chamados de anti-muscarínicos, que são drogas que antagonizam, nos receptores muscarínicos e anti-nicotínicos por antagonizar a ação da acetilcolina nos receptores nicotínicos. Os anticolinérgicos indiretos agem interferindo na síntese, armazenagem e liberação da acetilcolina, a exemplo da toxina botulínica. [1]

A nicotina e seus antagonistas, diferem anti-muscarínicos porque a ação parasimpaticolítica destes é devida à sua atuação nas sinapses neuroefetoras do parasimpático enquanto que a classe das drogas nicotínicas (similares ou derivadas das extraídas da Nicotiana tabacum) agem na sinapse ganglionar inibindo a ação da acetilcolina. Por essa característica são estudados separadamente e denominados ganglioplégicos ou bloqueadores ganglionares, muito uteis no processo da anestesia cirúrgica. [2] [3]

Indicações[editar | editar código-fonte]

Escopolamina (nome comercial: Buscopan) é um anticolinérgico usado para desconforto abdominal e cólicas.

Podem ser usados para[4]:

Contra-indicações[editar | editar código-fonte]

É contra-indicado a pessoas com[5]:

Efeitos colaterais[editar | editar código-fonte]

Os efeitos colaterais mais comum (mais de 10% dos medicados) são[6]:

  • Garganta seca e nariz por diminuição da produção de muco.
  • Cessação da respiração.
  • Aumento da temperatura corporal; Secundariamente, a compensação aumenta a dissipação de calor pela circulação cutânea, levando à pele vermelha.
  • Dilatação pupilar (midríase); consequentemente, sensibilidade à luz (fotofobia)
  • Perda da acomodação visual, levando a visão turva ou cicloplegia)

Ou visão dupla (diplopia).

  • Aumento da frequência cardíaca (taquicardia).
  • Bexiga distendida.
  • Íleo paralítico.
  • Aumento da pressão intra-ocular,

podendo ocorrer glaucoma agudo.

Os sinais de toxicidade no sistema :

  • Hipersensibilidade de audição.
  • Pensamentos ilógicos.
  • Distúrbios visuais.
  • Fotofobia.
  • Flashes periódicos de luz.
  • Alterações periódicas do campo visual.
  • Visão de neve.
  • Visão restrita ou "túnel".

Alucinações de todos os sentidos:

  • Visão ondulante de superfícies e arestas.
  • Visão inexistente de texturas em superfícies.
  • Visão de linhas que se movem ou dançam, aranhas, insetos.
  • Objetos animados indistinguíveis da realidade.
  • Mais raro: convulsões, coma e morte.

Plantas anticolinérgicas[editar | editar código-fonte]

Os efeitos anticolinérgicos dessas plantas são devidos principalmente à produção das substâncias: atropina e escopolamina.

Substâncias sintéticas e semi-sintéticas[editar | editar código-fonte]

Atropina obtida sinteticamente desde 1901 [7]
Antagonistas muscarínicos
Antagonistas nicotínicos (curarizantes)

No Organismo:Essas substâncias têm a capacidade de bloquear (antagonismo competitivo) os receptores onde o neurotransmissor, acetilcolina, age. Os anticolinérgicos, como a atropina e a escopolamina, agem mais especificamente em receptores chamados muscarínicos. Os seus efeitos, como a pupila dilatada, ocorrem devido ao bloqueio desse tipo de receptor.[8]

Referências

  1. SILVA, Penildon. As bases farmacológicas do sistema nervoso autônomo. RJ, Gunabara Koogan, 1977
  2. SILVA, Penildon, 1977 o.c.
  3. GOTH, Andres. Farmacologia médica. RJ, Guanabara Koogan, 1975
  4. http://www.healthline.com/health/anticholinergics#Purpose2
  5. http://www.healthline.com/health/anticholinergics#Precautions4
  6. http://www.mayoclinic.org/drugs-supplements/anticholinergics-and-antispasmodics-oral-route-parenteral-route-rectal-route-transdermal-route/side-effects/drg-20070312
  7. Bristol School of Chemistry: Atropine/synthesis Maio, 2011
  8. Wikipédia Es. Antagonistas nicotínicos