Aeroporto de Balsas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde janeiro de 2018). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Balsas-MA
Aeroporto
Aeroporto Municipal de Balsas
IATA: BSS - ICAO: SNBS
Características
Tipo Público
Administração Prefeitura
Serve Região
Localização Balsas, MA
Coordenadas 5° 31' 46" S 0° 27' O
Mapa
Aeroporto de Balsas está localizado em: Brasil
Localização do aeroporto no Brasil
Pistas
Cabeceira(s) Comprimento Superfície
30 1 300  m (4 265 ft) Asfalto

O aeroporto de Balsas é um dos aeroportos de maior altitude no Maranhão. A principal companhia aérea que operava no aeroporto de Balsas era a SETE Linhas Aéreas, de Goiás, que operava com aeronaves de pequeno porte. Porém o aeroporto ficou por um tempo interditado, fazendo com que a empresa excluísse a cidade da sua malha aérea. O aeroporto possui uma pista de asfalto com cerca de 1300 metros de extensão e 30 metros de largura.

Em fevereiro e março de 2018 o aeroporto passou por manutenção corretivas e preventivas, envolvendo a recuperação da pista de pouso decolagem, táxi e estacionamento de aeronaves, manutenção das cercas patrimoniais/operacionais e áreas verdes.

O aeroporto não passava por um reparo na pista desde a década de 1980, e teve a proibição de pousos de aeronaves pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac),  após relatório de inspeção aeroportuária.

O aeroporto tem capacidade para receber aviões de médio porte como Fokker 100Embraer 195 e Airbus A320.

Atualmente o aeroporto de Balsas é considerado o 2° mais movimentado em aeronaves de pequenos portes (monomotores, bi-motores) do Maranhão. Utilizado por empresários, voos fretados, bancos e aviação agrícola.

Companhias[editar | editar código-fonte]

Além destas, já operaram no aeroporto as seguintes:

  • Brasil Heringer Linhas Aéreas (Táxi aéreo)

Acidentes e Incidentes[editar | editar código-fonte]

Acidente de 3 de agosto de 2014[editar | editar código-fonte]

Na manhã de 3 de agosto de 2014, uma aeronave monomotor Embraer-720C, de prefixo PTWPH, com cinco pessoas a bordo caiu sobre uma casa logo após decolar no aeroporto, o piloto e mais quatro passageiros morreram na queda da aeronave.

O piloto chegou a pedir ajuda pelo rádio e informou que havia uma “pane no motor” do avião.

Acidente de 9 de novembro de 2015[editar | editar código-fonte]

Um acidente ocorreu na tarde de 9 de novembro de 2015. Envolveu uma aeronave agrícola modelo Airtractor – 502, que realizava testes desde o período da manhã no aeroporto.

Após decolar acabou caindo na pista, e pegando fogo. O piloto Jose Mauro Jaques de Medeiros, experiente em voos, morreu carbonizado.

O proprietário e piloto de Avião Eduardo Canedo que estava no aeroporto no momento do acidente disse que a aeronave correu na pista de decolagem por mais ou menos 700 m e subiu de uma maneira fora do normal, na vertical e que da mesma forma que o avião subiu ele desceu. Que o piloto tentou salvar a aeronave flapiando o avião; o que para Eduardo Canedo descarta a possibilidade do piloto ter apagado durante a decolagem.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um aeroporto, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.