Ahad Ha'am

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ahad Ha'am
Nome nativo Ašer Cvi Hirsch Ginsberg
Nascimento 18 de agosto de 1856
Skvyra
Morte 2 de janeiro de 1927 (70 anos)
Tel Aviv
Sepultamento Cemitério Trumpeldor
Cidadania Império Russo, União Soviética
Etnia Judeu
Ocupação escritor, jornalista
Movimento estético Sionismo cultural

Ahad Ha'am (em hebraico: אחד העם, literalmente, "alguém deste povo", Gênesis 26:10) é o nome hebraico e pseudônimo literário de Asher Zvi Hirsch Ginsberg (Skvira, Oblast de Kiev, Ucrânia, 18 de agosto de 1856Tel Aviv, 2 de janeiro de 1927) foi um filósofo e ensaísta judeu - um dos mais destacados pensadores sionistas da fase anterior à criação do Estado de Israel.

Foi também um importante jornalista e associativista e participou nas negocições que culminaram com a Declaração de Balfour, a qual foi posteriormente incorporada ao Tratado de Sèvres.

É conhecido como o fundador do sionismo cultural ou sionismo espiritual, segundo o qual, ao criar um centro espiritual para o povo judeu na Terra de Israel - com trabalho físico juntamente com esforços educacionais e culturais - o povo judeu seria unificado e seu espírito nacional renovado. Esse sentimento emanaria do centro espiritual para todas as direções da Diáspora, onde a assimilação era vista como um perigo real. Ahad Ha'am acreditava que, mesmo se fosse possível absorver todos os judeus na Terra de Israel, isso não resolveria os problemas políticos e financeiros, se não fosse considerado, em primeiro lugar, o aspecto nacional-espiritual. No entanto, ele acreditava no futuro crescimento da população judaica reunida em Eretz Israel, o que engendraria o estabelecimento de um Estado judeu, onde a liberdade cultural e nacional seria possível.[1]Com sua visão secular de um centro espiritual judaico na Palestina, Ahad Ha'am contrapôs-se às ideias de Theodor Herzl, o fundador do sionismo político. À diferença de Herzl, ele defendia "um Estado judeu e não um mero um Estado de judeus".[2]

Sepultado no Cemitério Trumpeldor.

Referências

  1. Ahad Ha’am (1856 – 1927). Biografia de Ahad Ha'am no site do Knesset.
  2. Jewish Virtual Library. The Jewish State and Jewish Problem, por Ahad Ha'am (1897).
Portal A Wikipédia possui o:
Portal de Filosofia