Alcaria (Fundão)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Alcaria.
Portugal Portugal Alcaria 
  Freguesia  
Capela da Nossa Senhora das Necessidades
Capela da Nossa Senhora das Necessidades
Localização
Alcaria está localizado em: Portugal Continental
Alcaria
Localização de Alcaria em Portugal
Coordenadas 40° 11' 59" N 7° 31' 9.26" O
Município FND1.png Fundão
Administração
Tipo Junta de freguesia
Presidente Hélder José Alves Marrucho dos Santos (G.C.E.)
Características geográficas
Área total 21,48 km²
População total (2021) 1 102 hab.
Densidade 51,3 hab./km²

Alcaria é uma freguesia portuguesa do município do Fundão, com 21,48 km² de área[1] e 1 102 habitantes (2021). A sua densidade populacional é de 53,4 hab/km².

Dela fazem parte ainda as localidades anexas de Espadaneira e Pesinho.

Em termos de infraestruturas Alcaria possui uma escola básica, uma capela, uma igreja, restaurantes, cafés, um lar da terceira idade e centro de dia.

Alcaria tem a festa de Nossa Senhora das Necessidades, padroeira da freguesia, que se festeja no 1º fim de semana de Setembro.

A nível desportivo existe a Associação Cultural de Alcaria que tem tradição na prática do futsal, e que dispõe de um pavilhão multiusos.

População[editar | editar código-fonte]

População da freguesia de Alcaria [2]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011 2021
573 674 718 968 1 156 1 147 1 105 1 336 1 425 1 510 1 067 960 1 264 1 271 1 180 1 102

Por decreto de 07/09/1895 foi incorporado nesta freguesia o lugar de Pesinho, da freguesia de Peso, do município da Covilhã

História[editar | editar código-fonte]

A origem seu nome parece provir do vocábulo de origem árabe Al-garia, que significa a aldeia, um pequeno povoado. No entanto, não significa que tenha sido fundada pelos Mouros, uma vez que a região não foi habitada por muito tempo por eles nem deles resta o menor vestígio. O termo Alcarial pode também significar um sítio onde apareceram ruínas muitíssimo antigas ou vestígios arqueológicos, o que parece justificar-se.

Podemos pois concluir pelos vestígios arqueológicos encontrados que esta freguesia já foi habitada nos tempos pré-romanos e romanos, provavelmente no Sítio do Covão. Todavia a actual Alcaria não pode reivindicar a sua fundação nesses tempos; será antes um produto do repovoamento operado nos primórdios da Monarquia, aí pelo segundo quartel do século XII, na sequência do desenvolvimento da Covilhã, a cujo termo pertenceu até 1747, passando desde então a pertencer ao concelho do Fundão.

Nos censos de 1758, era constituída por 86 fogos e 293 habitantes, não tendo ainda lugares nem anexas. Em 1895, passou a fazer parte da

freguesia o Pesinho, sendo actualmente constituída ainda pelos lugares denominados de Espadaneira do Fenómeno, Cruzamento ou Cruzal, Souto Alto, e Fadagosa.

Localização no município de Fundão

Património[editar | editar código-fonte]

  • Igreja de S. João Baptista (matriz)
  • Capelas das Poeiras e do Ortigal
  • Sítio da Cabecinha
  • Praia fluvial
  • Eucalipto da estrada de Alcaria e Pêro Viseu

Referências

  1. «Carta Administrativa Oficial de Portugal CAOP 2013». descarrega ficheiro zip/Excel. IGP Instituto Geográfico Português. Consultado em 7 de Fevereiro de 2014. Arquivado do original em 9 de Dezembro de 2013 
  2. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.