Alenquer (Pará)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura outro significado de Alenquer, veja Alenquer.
Município de Alenquer
Vista da Igreja da cidade

Vista da Igreja da cidade
Bandeira de Alenquer
Brasão indisponível
Bandeira Brasão indisponível
Hino
Aniversário 10 de Junho (elevação a categoria de cidade)
Fundação 1729[1]
Gentílico alenquerense, chimango ou ximango[1]
Prefeito(a) Juraci Estevam de Sousa (PPS)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Alenquer
Localização de Alenquer no Pará
Alenquer está localizado em: Brasil
Alenquer
Localização de Alenquer no Brasil
01° 56' 31" S 54° 44' 16" O01° 56' 31" S 54° 44' 16" O
Unidade federativa Pará
Mesorregião Baixo Amazonas IBGE/2008 [2]
Microrregião Santarém IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Santarém, Monte Alegre, Óbidos, Curuá e Almeirim
Distância até a capital 701 km
Características geográficas
Área 22 282,075 km² [3]
População 56 480 hab. estimativa IBGE/2018[4]
Densidade 2,53 hab./km²
Altitude 52 m
Clima Equatorial quente e úmido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,564 baixo PNUD/2010[5]
PIB R$ 528 399,30 mil IBGE/2014[6]
PIB per capita R$ 9 721,62 IBGE/2014[6]

Alenquer é um município brasileiro do estado do Pará, pertencente à Mesorregião do Baixo Amazonas. Localiza-se no norte brasileiro, à latitude 01º 56' 30" sul e à longitude 54º 44' 18" oeste.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

Primitivamente chamada de aldeia de Surubiú, fundada pelo capuchos da piedade ou capuchinhos nos fins do século XVII nos tempos da colonização amazônica, à margem do rio Surubiú ou igarapé de Alenquer, na confluência com o igarapé Itacarará. Sendo chamado de vila de Alenquer em 1758, por determinação do Governador Capitão General Francisco Xavier de Mendonça Furtado.[7]

História[editar | editar código-fonte]

Devido as dificuldades de comunicação e endemia de sezões os capuchinhos mudaram para a margem do então rio Surubiú ou igarapé de Alenquer, com a ajuda de índios do rio Trombetas, fundaram a aldeia de Surubiú, na região do atual município de Alenquer.

Em 1758 a aldeia de Surubiú foi elevada à categoria de vila. No período, da viagem do governador capitão general Francisco Xavier de Mendonça Furtado ao rio Negro para reunir-se com o plenipotenciário espanhol sobre a demarcação de limites das terras das coroas de Portugal e Espanha. Durante a viagem, visitou as povoações e aldeamentos ribeirinhos e elevou à categoria de vila as que julgou merecer.[8]

Alenquer foi elevada à categoria de município em 10 de junho de 1881. Em seguida, foi elevada à categoria de comarca em 29 de março de 1883.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localiza-se à latitude 01º 56' 30" sul e à longitude 54º 44' 18" oeste, a uma altitude de 52 metros, distante 68 km da capital estadual Belém e 2 078 km da capital federal, Brasília. Sua população, conforme estimativas do IBGE de 2018, era de 56 480[4] habitantes, distribuídos em uma área territorial de 23 645,452 km².[9][10]

Turismo[editar | editar código-fonte]

A pequena cidade do interior paraense conta com muitas belezas naturais. Dentre elas, destacam-se as cachoeiras do Vale do Paraíso: Véu de Noiva, de 25 metros; Preciosa, de 35 metros; e Cachoeira Paraíso, de 12 metros. Esta última, contem uma boa infraestrutura para turístico.

O município de Alenquer também conta com uma formação rochosa erodida pelo vento, que esculpiu gigantescas figuras, onde povos primitivos fizeram inscrições e desenhos até hoje não decifrados. E a Cidade dos Deuses, que fica a 45 km do centro da cidade.

A grande festividade de Santo Antônio, que ocorre do dia 1º à 13 do mês de junho.

Alenquerenses ilustres[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Alenquer» (PDF). IBGE. Consultado em 15 de abril de 2011 
  2. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  4. a b «Estimativa populacional 2018 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de agosto de 2018. Consultado em 12 de setembro de 2018 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 21 de setembro de 2013 
  6. a b «PIBMunicipal2010-2014». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 27 dez. 2016 
  7. «Estado Pará, Município de Alenquer». IBGE. 2015. Consultado em 2 de julho de 2016 
  8. «Estado Pará, Município de Alenquer». IBGE. 2015. Consultado em 2 de julho de 2016 
  9. «Estado Pará, Município de Alenquer». IBGE. 2015. Consultado em 2 de julho de 2016 
  10. «Alenquer, Pará - PA.». IBGE. 2015. Consultado em 21 de julho de 2016 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Pará é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.