Alice Liddell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde novembro de 2010). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Alice Liddell
Liddell fotografada por Charles Dodgson em 1860, aos 7 anos de idade.
Nome completo Alice Pleasance Liddell
Nascimento 4 de maio de 1852
Westminster, Londres, Inglaterra
Morte 16 de setembro de 1934 (82 anos)
Westerham, Kent, Inglaterra
Progenitores Mãe: Lorina Hanna Liddell
Pai: Henry Liddell
Cônjuge Reginald Hargreaves
Filho(s) Alan Knyveton Hargreaves
Leopold Reginald "Rex" Hargreaves
Caryl Liddell Hargreaves

Alice Pleasance Liddell (4 de maio de 185215 ou 16 de novembro de 1934) foi a inspiração por trás do livro Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll, lançado em 1865.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Alice era filha do deão Henry Liddell da Christ Church, em Oxford, e de sua esposa, Lorina Hanna Liddell. Alice tinha dois irmãos mais velhos, Harry e Artur, que morreu de escarlatina, além de uma irmã mais velha chamada Lorina. Tinha também seis irmãos mais novos, entre eles Edith e Frederick Francis, um advogado.

Quando Alice nasceu, seu pai era o diretor da Westminster School. Em fevereiro de 1856, Henry Liddell assumiu o cargo de deão da Christ Church, e Charles Dodgson, na época bibliotecário da universidade, conheceu Alice e apaixonou-se. Ela tinha apenas 3 anos de idade. Ele encontrou-a em 25 de abril, quando ela participava em uma sessão fotográfica com seu amigo Reginals Southey. Ele pode fotografá-la, com suas duas irmãs a 3 de junho.

Alice em 1870.

O envolvimento platônico de Dodgson com crianças é bem conhecido. Ele adorava crianças e se sentia muito ofendido se achassem que seu interesse era mais do que o gosto pela companhia. Alice tornou-se a maior paixão de Dodgson e fonte constante de inspiração para seus dois mais conhecidos livros, embora, ao final da escrita de Alice no país das maravilhas, a amizade entre os dois estivesse diminuindo. Alice tinha 20 anos de idade quando Leopoldo, Duque de Albany, o filho mais novo da rainha Vitória, chegou na Christ Church, tendo sido aluno de 1872 até 1876. Houve rumores de um romance entre ambos.

Em 1880, Alice casou-se com Reginald Hargreaves. Dodgson não estava presente no casamento, mas enviou-lhe, por meio de um amigo, um presente. Ela teve três filhos, os quais viveram com ela até sua morte, em Hampshire. Alice nomeou seu segundo filho de Leopoldo, e o duque Leopoldo deu o nome de Alice para sua primeira e única filha com Helena de Waldeck e Pyrmont.

Durante sua vida ela dedicou-se, em parte, a divulgação dos contos infantis feitos sob sua inspiração.

Encontra-se sepultada em St Michael and All Angels Churchyard, Lyndhurst, em Hampshire, na Inglaterra.[1]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Alice Liddell