Am5x86

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
AMD 5x86-P75

O AMD 5x86 é um processador compativel com sistemas x86 (32Bits) e foi introduzido no mercado em 1995 pela AMD para uso em computadores com soquete 486 utilizando um conversor de soquete. Foi um dos processadores mais rápidos da época suportando sistemas 32 bits, o que os usuários dos sistemas com soquete 486 precisavam.


Introduzido em Novembro de 1995, o AMD 5x86 (também conhecido como: 5x86-133, X5-133 e vendido sob diversos rótulos de terceiros como Kingston Technology "TurboChip" - SuperChip de Tecnologia Kingston) o 5x86 é um AMD 486 melhorado com um multiplicador interno de 4x, o que lhe permmitia ser executado a uma velocidade de 133MHz. Possuía um cache L1(cache único) de 16 KB(Kilobytes), muito generoso em comparação a outros produtos que tinham a metade deste valor. Ter o multiplicador de 4x não fazia parte do projeto original do AMD 5x86.


Problemas surgiram e criaram alguns tabus para os usuários. O primeiro foi que a placa mãe suportava uma velocidade máxima multiplicada de 2x e não por 4x como o processador, isso exigia uma configuração da placa mãe, configuração essa que setava a velocidade e o multiplicador para 2x.Outro problema foi que forma física do AMD 5x86 ia bem no soquete 486 com o conversor de soquete, porém, os seus 168 pinos em um soquete 80486 exigiam uma tensão de 3,45v para seu pleno funcionamento, isso fazia com que fosse requerido um regulador de tensão.


Em questões de performance, o AMD 5x86 era igual ou ligeiramente superior ao Intel Pentium 75MHz e mostrou-se um pouco mais ligeiro que o processador de sua rival, o Cyrix Cx5x86. A avaliação de performance entre a AMD e a Intel teve controversias. Como o AMD 5x86 teve testes de performance parecidos com os do Pentium, a AMD acabou por comercializar o 5x86 com o nome AMD 5x86-PR75.


O AMD 5x86 foi bem visto pelos usuários e garantiu bons lucros a AMD durante uma fase em que o AMD K5 já havia sido adiado, ameaçando os lucros da empresa. Diversas empresas fizeram kits com o conversor de soquete, o regulador de tensão e o processador para a venda. Outro fator que ajudou os lucros da empresa foi que o Pentium da Intel era muito caro e problemático para sistemas 486.


O AMD 5x86 ainda continuou a ser fabricado por um longo tempo. Era uma escolha popular para uso em controladores. Um derivado da família 5x86 é o núcleo utilizado na família de microcontroladores Élan SC520 comercializado pela AMD.