Amabile Lucia Visintainer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Santa Paulina do Coração Agonizante de Jesus
Fundadora das “Filhas da Imaculada Conceição
Nascimento 16 de dezembro de 1865 em Vigolo Vattaro, Flag of the Habsburg Monarchy.svg Império Austríaco
(Atualmente  Itália)
Morte 9 de julho de 1942 (76 anos) em São Paulo,  Brasil
Veneração por Igreja Católica
Beatificação 18 de outubro de 1991, Florianópolis, Brasil por Papa João Paulo II
Canonização 19 de maio de 2002, Vaticano por Papa João Paulo II
Principal templo Santuário Santa Paulina, em Nova Trento, Brasil
Festa litúrgica 9 de julho
Gloriole.svg Portal dos Santos

Amabile Lucia Visintainer (Vigolo Vattaro, 16 de dezembro de 1865São Paulo, 9 de julho de 1942) foi uma religiosa tirolesa canonizada em 19 de maio de 2002 pelo Papa João Paulo II, recebendo o título de Santa Paulina.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filha de Napoleone Visintainer (Wiesenteiner) e Anna Pianezzer, nasce numa família de poucas posses que em 1875 emigrou para o Brasil como muitos outros tiroleses italianos oriundos do atual Trentino (quando a região ainda fazia parte do Império Austríaco e depois, do Império Austro-Húngaro, sendo incorporada à Itália somente após a I Guerra Mundial[1] ), estabelecendo-se na localidade catarinense de Nova Trento.

Desde muito cedo, atuante nos serviços religiosos da sua paróquia, emite os votos em 1895 e torna-se Irmã Paulina do Coração Agonizante de Jesus. Amábile dá início à Congregação das Irmãzinhas da Imaculada Conceição[2] , na atual Irmandade Santa Casa de Bragança Paulista. Em 1903 deixa Nova Trento e, no bairro do Ipiranga, em São Paulo, ocupa-se de crianças órfãs e de ex-escravos abandonados[3] .

A partir de 1918 passa a ter uma vida muito reservada, dedicando-se à oração e à vida contemplativa. Em 1938 já demonstrava sérios problemas de saúde causados pela diabetes, que lhe causou várias amputações[3] . Passou os últimos meses de sua vida cega, vindo a falecer em 9 de julho de 1942.

Santuário de Santa Paulina, localizado em Nova Trento (Santa Catarina), vista da rampa de acesso ao santuário.

Em 18 de outubro de 1991 foi beatificada pelo Papa João Paulo II por ocasião da sua visita a Florianópolis. Foi por fim canonizada em 19 de maio de 2002 pelo mesmo Papa, recebendo oficialmente o nome de Santa Paulina do Coração Agonizante de Jesus. É considerada a primeira santa brasileira[4] , mesmo não tendo nascido no Brasil.

Referências

  1. O Império Austro-Húngaro Comunità Trentina del Brasile. Visitado em 20 de agosto de 2015.
  2. Santa Paulina - 9 de Julho IHU - Instituto Humanitas Unisinos (9 de julho de 2015). Visitado em 20 de agosto de 2015.
  3. a b CARVALHO, Gilda (10 de julho de 2010). Santa Paulina do Coração agonizante de Jesus Amaivos. Visitado em 20 de agosto de 2015.
  4. Canonização de Santa Paulina, a primeira santa brasileira, completa 10 anos Diário Catarinense (ClicRBS) (18 de maio de 2012). Visitado em 20 de agosto de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Amabile Lucia Visintainer