Amanattō

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Amanattō
Amanattō de amendoim
País Japão
Ingrediente(s)
principal(is)
Grãos (principalmente feijão, xarope e açúcar
Receitas: Amanattō   Multimédia: Amanattō
Ícone de esboço Este artigo sobre culinária é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Amanattō (甘納豆?) é um confeito tradicional japonês feito a partir de grãos de feijão, que são cozidos a fogo brando em imersão de xarope, secos e cobertos com açúcar, criando uma espécie de "bala de goma" de feijão.[1] A receita foi desenvolvida por Hosoda Yasubei, entre 1861 e 1863, durante o período Edo. Ele abriu uma loja de wagashis em Tóquio, chamada Eitaro, que vendia o produto. A loja está aberta até os dias atuais.[2]

Na preparação da receita, podem ser usados feijões de diversos tipos. O mais comum é o feijão azuki, mas podem ser usados também o feijão-fradinho, feijão-fava, feijão-da-espanha e ervilha.[3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Shurtleff, William with Akiko Aoyagi (2013). History of Tofu and Tofu Products (965 CE to 2013). [S.l.]: Soyinfo Center. ISBN 1928914551 
  2. «Eitaro Confectionery Co.Ltd.(Japanese Style Confectionery)». www.norenkai.net (em inglês). Consultado em 29 de dezembro de 2017 
  3. Motoyama, Teshiku. Inshoku jiten. [S.l.]: 平凡社. ISBN 9784582107012. OCLC 959639259