André Kuipers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
André Kuipers
Crupiers-cropped.jpg

Astronauta da ESA
Nacionalidade Países Baixos neerlandês
Nascimento 5 de outubro de 1958 (58 anos)
Amsterdão, Países Baixos
Tempo no espaço 203d 15h 51m
Seleção 1998
Missões Soyuz TMA-4, Soyuz TMA-3, Soyuz TMA-03M, Expedição 30, Expedição 31
Insígnia da missão Soyuz TMA-4 Patch.png Soyuz TMA-3 Patch.png Soyuz-TMA-03M-Mission-Patch.png ISS Expedition 30 Patch.png ISS Expedition 31 Patch.png

André Kuipers (Amsterdã, 5 de outubro de 1958) é um médico e o segundo astronauta neerlandês a ir ao espaço depois de seu compatriota Wubbo Ockels.

Formação profissional[editar | editar código-fonte]

Em 1977, graduou-se pelo Liceu Van der Waals (atualmente Liceu Amstel), em Amsterdão. Doutorou-se em medicina pela Universidade de Amsterdão, em 1987.

Durante seus anos de estudo de medicina, André Kuipers dedicou-se à pesquisa do funcionamento do sistema de equilíbrio vestibular, atividade que retomou mais tarde como oficial da Real Força Aérea dos Países Baixos, onde estudou acidentes e incidentes causados por desorientação espacial em pilotos de aeronaves de alta performance.

De 1989 a 1990 Kuipers esteve envolvido, entre outras coisas, no estudo da Síndrome de adaptação ao espaço, enquanto trabalhava para o Centro Médico Aerospacial dos Países Baixos, em Soesterberg. A partir de 1991, esteve envolvido na preparação, coordenação, coleta de dados e experimentos fisiológicos desenvolvidos pela Agência Espacial Europeia (ESA) para missões espaciais.

Em Julho de 1999, Kuipers juntou-se ao Corpo Europeu de Astronautas da ESA, cuja base está localizada em Colônia, Alemanha. Até o início de sua preparação para o vôo, esteve ativamente engajado num programa de pesquisa no campo da adaptação fisiológica de humanos à ausência de gravidade.

Em 2002, Kuipers completou seu Programa de Treinamento Básico da ESA, em Colônia, e no Centro de Treinamento Cosmonauta Yuri A. Gagarin (Cidade das Estrelas), próximo de Moscovo. O Treinamento Básico, inclui aulas de ciência e tecnologia, dos sistemas à bordo da Estação Espacial Internacional (ISS), treinamento de sobrevivência no gelo e na água e treinamento em Atividade Extra-Veicular (EVA), ou caminhada espacial.

Em 2012, André Kuipers continua a trabalhar para a ESA no apoio de solo para outros astronautas quando não está no espaço e também dá aulas em meio-período na Universidade Livre de Amsterdão.

Experiência em voo espacial[editar | editar código-fonte]

Em Dezembro de 2002, Kuipers foi designado como engenheiro de voo para uma missão à ISS a ser realizado em 2004. A bordo da espaçonave Soyuz TMA-4, Gennady Padalka da Rússia, Edward Fincke dos Estados Unidos e Kuipers voaram até a Estação Espacial Internacional em abril de 2004 para a realização de pesquisas na microgravidade. Kuipers voltou à Terra nove dias depois com a oitava tripulação da ISS numa Soyuz TMA-3.

A missão DELTA (acrônimo para Dutch Expedition for Life science, Technology and Atmospheric research - Expedição Neerlandesa para Biologia, Tecnologia e Pesquisa Atmosférica), patrocinada pelo governo neerlandês dentro do quadro de um acordo entre a ESA e a Agência Espacial Federal Russa, teve lugar entre 19-30 de Abril de 2004.[1] A missão tinha três objetivos. Primeiro, a troca da espaçonave Soyuz que serve como um bote salva-vidas para a tripulação da ISS durante seis meses. Segundo, juntamente com Kuipers, a nova tripulação permanente foi levada até a estação, em substituição da anterior, que retornou com ele para a Terra. Em terceiro, ele realizou 21 experimentos nos campos da psicologia humana, biologia, tecnologia e educação.

Em 21 de dezembro de 2011 foi novamente ao espaço na nave Soyuz TMA-03M, junto com os astronautas Donald Pettit e Oleg Kononenko, para nova missão na ISS, como engenheiro de voo da Expedição 30 e da subsequente Expedição 31.[2] Após mais de seis meses participando das duas expedições, Kuipers retornou à Terra com a tripulação da TMA-03, que pousou nas estepes do Cazaquistão às 14:14 (hora local) de 1 de julho de 2012, numa área remota perto da cidade de Dzhezkazgan. A tripulação, que passou 193 dias no espaço, 191 deles a bordo da ISS, foi recebida pelas equipes de apoio da NASA e da Roskosmos.[3]

Organizações[editar | editar código-fonte]

Membro da Associação Médica Aeroespacial, da Sociedade Neerlandesa de Medicina Aeronáutica e da Associação Neerlandesa para o Vôo Espacial.

Referências

  1. «Help ESA to name Europe's next mission to Space Station». ESA. Consultado em 29 de maio de 2012 
  2. «Russian Soyuz rocket blasts off». ITN. 21 de dezembro de 2011. Consultado em 21 de dezembro de 2011 
  3. «Expedition 31 Crew Returns to Earth». NASA. Consultado em 1 de julho de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre André Kuipers