Oleg Kononenko

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Oleg Kononenko

Cosmonauta da AER
Nacionalidade Rússia russo
Nascimento 21 de Junho de 1964 (49 anos)
Chardzu, ex-URSS
hoje Turcomenistão
Tempo no espaço 391d 11h 18m
Missões Soyuz TMA-12, Expedição 17, Soyuz TMA-03M, Expedição 30, Expedição 31
Insígnia
da missão
Soyuz TMA-12 Patch.png Insígnia Expedição 17 Soyuz-TMA-03M-Mission-Patch.png ISS Expedition 30 Patch.png ISS Expedition 31 Patch.png

Oleg Dmitriyevich Kononenko[i] (em russo: Олег Дмитриевич Кононенко) (Chardzu, 21 de junho de 1964) é um cosmonauta russo, veterano de duas missões espaciais na Estação Espacial Internacional.

Formou-se em engenharia mecânica pelo Instituto de Aviação de Kharkiv, na Ucrânia, em 1988, e trabalhou na TsSKB-Progress, empresa estatal especializada no desenho e desenvolvimento de foguetes lançadores, ligada à Roskosmos, como responsável por desenhos de sistemas, análise e desenvolvimento de sistemas elétricos de espaçonaves.

Cosmonauta[editar | editar código-fonte]

Em março de 1996, ele foi selecionado para integrar o programa de seleção de cosmonautas e passou dois anos em treinamento no Centro de Treinamento de Cosmonautas Yuri Gagarin, na Cidade das Estrelas, formando-se em 1998. Em outubro do mesmo ano, passou a fazer parte do quadro ativo de treinamento para missões na Estação Espacial Internacional.

Foi ao espaço pela primeira vez dez anos depois, em abril de 2008, como engenheiro de voo da Soyuz TMA-12, e passou seis meses em órbita como tripulante da Expedição 17 na Estação Espacial Internacional, retornando em outubro do mesmo ano, após 199 dias em órbita.[1]

Em 21 de dezembro de 2012 foi novamente ao espaço como comandante da nave Soyuz TMA-03M, junto com os astronautas Donald Pettit e André Kuipers, para nova missão de seis meses na ISS, como engenheiro de voo da Expedição 30 e comandante da subsequente Expedição 31.[2] Após mais de seis meses participando das duas expedições, Kononenko retornou à Terra com a TMA-03, que pousou nas estepes do Casaquistão às 14:14 (hora local) de 1 de julho de 2012, numa área remota perto da cidade de Dzhezkazgan. A tripulação, que passou 193 dias no espaço, 191 deles a bordo da ISS, foi recebida pelas equipes de apoio da NASA e da Roskosmos.[3]

Nota[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. NASA (2008). Expedition 17. NASA. Página visitada em October 25, 2008.
  2. "Russian Soyuz rocket blasts off", 21 December 2011. Página visitada em 21 December 2011.
  3. Expedition 31 Crew Returns to Earth. NASA. Página visitada em 01/07/2012.
  4. Kononenko. Spacefacts. Página visitada em 29/05/2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]