Expedição 44

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Current event marker.png
Este artigo ou seção contém material sobre uma missão espacial atual.
As informações podem mudar durante o progresso da missão.
CELstart-rocket.png
Expedição 44
ISS Expedition 44 Patch.png
Estatísticas da missão
Espaçonave Soyuz TMA-16M
Soyuz TMA-17M
Número de tripulantes 6
Início 11 de junho de 2015
Término em andamento
Imagem da tripulação
Esq./Dir: Lindgren, Kononenko, Yui, Kelly, Padalka e Kornienko
Esq./Dir: Lindgren, Kononenko, Yui, Kelly, Padalka e Kornienko
Navegação
Último
Último
ISS Expedition 43 Patch.png Expedição 43
Expedição 45 ISS Expedition 45 Patch.png
Próximo
Próximo

Expedição 44 é a atual missão tripulada de longa duração a bordo da Estação Espacial Internacional.[1] Composta por seis astronautas, três russos, dois norte-americanos e um japonês, ela iniciou-se em 11 de junho de 2015 e deverá ter a duração de três meses.

O astronauta da NASA Scott Kelly e o cosmonauta russo Mikhail Kornienko integram a tripulação como parte da Year-Long Mission, uma missão de um ano a bordo da ISS, que será cumprida apenas pelos dois, englobando a participação em várias expedições regulares – eles iniciaram a estadia com a Expedição 43 – como um teste para avaliação de humanos no espaço por um período mais prolongado, visando a futuras missões espaciais à Lua e Marte.[2]

Inicialmente com apenas três tripulantes durante pouco mais de dez dias, foi completada com os três restantes lançados do Cosmódromo de Baikonur em 22 de julho de 2015, a bordo da nave Soyuz TMA-17M.

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Insígnia[editar | editar código-fonte]

A insígnia mostra a ISS postada na frente do desenho para estudar a Terra, com o Sol e o Cosmos ao fundo. Os 12 globos terrestres representam a posição do planeta em torno do Sol pelo período de um ano, a duração da missão de Kelly e Kornienko. Quatro das Terras da imagem estão com uma silhueta sob a luz do Sol, representando os quatro meses previstos de duração da Expedição 44 (ela deverá porém durar apenas três meses, devido ao prolongamento em um mês da missão anterior causado pelo acidente de abril de 2015 com a nave não-tripulada Progress M-27M).

As nove estrelas do desenho representam as nove pessoas que visitarão ou trabalharão na ISS durante o curso da missão, incluindo os seis tripulantes, que tem seus nomes escritos na borda da insígnia. O uso de elipses e círculos por toda a insígnia representam o retorno dos investimentos feitos na estação espacial para o progresso e benefício dos seres humanos.[3]

Missão[editar | editar código-fonte]

Entre as muitas atividades científicas realizadas por esta expedição, estão a instalação de equipamentos e a condução de experiências que ajudarão os cientistas a estudar micropartículas para a nanotecnologia e a nanociência, com a observação de micróbios potencialmente ameaçadores à saúde humana, o exame de cristais líquidos em movimento, e a continuação da comparação da diferença dos efeitos da microgravidade e da gravidade terrestre nos organismos dos dois astronautas gêmeos, Scott na ISS e Mark na Terra.[3]

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Upcoming ISS expeditions (em inglês) Spacefacts. Visitado em 19 de julho de 2013.
  2. NASA, Roscosmos Assign Veteran Crew to Yearlong Space Station Mission NASA. Visitado em 15/07/2015.
  3. a b Expedition 44 Summary NASA. Visitado em 15/07/2015.