Expedição 2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Expedição 2
Insígnia da missão
Estatísticas da missão
Espaçonave STS-102 e STS-105
Número de tripulantes 3
Lançamento 8 de Março de 2001 às 11:42 UTC - STS-102
-
Aterrissagem 22 de Agosto de 2001 às 19:24 UTC - STS-105
Centro Espacial Kennedy
Órbitas 2614
Duração 167d 7h 41min 57s
Imagem da tripulação
James Voss, Yuri Usachev e Susan Helms
James Voss, Yuri Usachev e Susan Helms
Navegação
Último
Último
Expedition 1 insignia (ISS patch).png Expedição 1
Expedição 3Iss expedition 3 mission patch.png
Próximo
Próximo

Expedição 2 foi a segunda expedição à Estação Espacial Internacional, realizada entre março e agosto de 2001. Participaram delas os astronautas Susan Helms e James Voss, dos Estados Unidos, e Yuri Usachev, da Rússia, o comandante da missão, um veterano de três missões na estação espacial russa Mir.

O segundo grupo de astronautas chegou à ISS em março de 2001, levados pelo ônibus espacial Discovery durante a missão STS-102. O período de quatro meses na ISS foi iniciado oficialmente no dia 18 de Março, e o retorno à Terra aconteceu durante a missão STS-105, em Agosto de 2001, o tempo total da expedição foi de 163 dias a bordo da ISS e 167 dias no espaço. Durante a estada, a equipe viu o ângulo orbital da estação aumentar e tornaram a ISS autosuficente para a habitação humana.1

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Parâmetros da Missão[editar | editar código-fonte]

  • Perigeu: 384 Km
  • Apogeu: 396 Km
  • Inclinação: 51.6º
  • Período: 92 min
  • Docagem: STS-102; 10 de Março de 2001, 06:38 UTC
  • Partida: STS-105; 20 de Agosto de 2001, 14:51 UTC
  • Duração: 163 dias, 8 horas e 13 minutos

Missão[editar | editar código-fonte]

Durante esta expedição, foram enviadas algumas facilidades para a Estação, incluindo um Mecanismo de Pesquisa Humana. O objetivo era realizar experiências que poderiam melhorar a vida na Terra e no espaço. Eles também prepararam o laboratório Destiny para experiências a serem realizadas. Foi dada uma grande ênfase para melhorar a compreensão de como proteger os membros da tripulação à radiação enquanto trabalham e vivem no espaço.1 Dentre as quais exposição à radiação em doses elevadas durante longos períodos de tempo que podem causar danos humanos e células de câncer ou lesão de sistema nervoso central.

Durante a missão da Expedição 2 ocorreram a visita de quatro ônibus espaciais e uma espaçonave Soyuz:

Atividades Extra-Veiculares[editar | editar código-fonte]

A tripulação realizou três AEV. A primeira, para ajudar na instalação da câmara de vácuo, que permite a ligação entre a ISS e as naves que nela acoplam, instalada no módulo Unity, com adaptações para permitir a passagem por ela tanto de trajes espaciais russo quanto americanos.1 A segunda caminhada foi realizada para unir e instalar tanques de hidrogênio a tanques de nitrogênio, e contou com a utilização do braço robótico Canadarm. A terceira saída serviu para ajudar na instalação de tanques de hidrogênio e nitrogênio por fora das câmaras de pressurização e exercícios de respiração com os dois gases foram realizados.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]