Expedição 62

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Expedição 62
Insígnia da missão
Informações da missão
Estação espacial Estação Espacial Internacional
Espaçonave Soyuz MS-15
Soyuz MS-16
Número de tripulantes 6
Início 06 de fevereiro de 2020, 05:50:28 UTC[1]
Término 17 de abril de 2020, 01:53:30 UTC[2]
Duração 70d 20h 3m
Imagem da tripulação
Da esquerda: Andrew Morgan, Oleg Skripochka e Jessica Meir
Da esquerda: Andrew Morgan, Oleg Skripochka e Jessica Meir
Navegação
ISS Expedition 61 Patch.svg Expedição 61
Expedição 63 ISS Expedition 63 Patch.png

Expedição 62 foi a 62º missão de longa duração para a Estação Espacial Internacional, iniciada dia 06 de fevereiro de 2020 com o desacoplamento da nave Soyuz MS-13 e encerrada dia 17 de abril de 2020 com o desacoplamento da Soyuz MS-15. A expedição consistiu do comandante russo Oleg Skripochka, como também os engenheiros de voo norte-americanos Jessica Meir e Andrew Morgan[3]. A segunda parte da Expedição 62 foi junta dos tripulantes da Soyuz MS-16[4].

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Posição Fevereiro-abril de 2020 Abril de 2020
Comandante Rússia Oleg Skripochka
Engenheira de voo 1 Estados Unidos Jessica Meir
Engenheiro de voo 2 Estados Unidos Andrew Morgan
Engenheiro de voo 3   Rússia Anatoli Ivanishin
Engenheiro de voo 4   Rússia Ivan Vagner
Engenheiro de voo 5   Estados Unidos Christopher Cassidy

Referências