Expedição 21

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Expedição 21
Insígnia da missão
Estatísticas da missão
Espaçonave Soyuz TMA-15, Soyuz TMA-16 e STS-128
Número de tripulantes 6
Lançamento 30 de outubro de 2009
Aterrissagem 1° de dezembro de 2009
Espetes do Cazaquistão
Duração 186 dias
Imagem da tripulação
Da esquerda para direita: Maksim Surayev, Nicole Stott, Jeffrey Williams, Frank De Winne (comandante), Robert Thirsk e Roman Romanenko
Da esquerda para direita: Maksim Surayev, Nicole Stott, Jeffrey Williams, Frank De Winne (comandante), Robert Thirsk e Roman Romanenko
Navegação
Último
Último
Expedição 20ISS Expedition 20 Patch.png
Expedição 22ISS Expedition 22 Patch.png
Próximo
Próximo

Expedição 21 foi a vigésima primeira Expedição de longa duração à Estação Espacial Internacional (EEI). A missão teve início em outubro de 2009 com a chegada da Soyuz TMA-16 e teve fim com o pouso da Soyuz TMA-15 nas espetes do Cazaquistão 1 .

Tripulação[editar | editar código-fonte]

Função Primeira Parte
(Outubro até Dezembro de 2009)
Segunda Parte
(Outubro até Dezembro de 2009)
Comandante Frank De Winne, ESA
2° voo espacial
Engenheiro de voo 1 Roman Romanenko, RSA
1º voo espacial
Engenheiro de voo 2 Robert Thirsk, CSA
2 º voo espacial
Engenheiro de voo 3 Jeffrey Williams, NASA
3º voo espacial
Engenheiro de voo 4 Maksim Surayev, RSA
1º voo espacial
Engenheiro de voo 5 Nicole Stott, NASA
1º voo espacial

Detalhes da Missão[editar | editar código-fonte]

O Comandante De Winne e os astronautas Roman Romanenko e Robert Thirsk faziam parte da Expedição 20 e foram transferidos para a Expedição 21 com a chegada da Soyuz TMA-16, em outubro de 2009. Esta nave transportou o russo Maksim Surayev e o norte-americano Jeffrey Williams. Também foi incorporada a nova tripulação a astronauta Nicole Stott, que poderá ser o último membro de uma expedição à Estação Espacial a voar num Ônibus Espacial, já que estes veículos serão aposentados provavelmente no final de 2010 e os novos tripulantes serão transportados apenas nas naves russas.

O astronauta da ESA, Frank De Winne, foi o primeiro europeu a comandar a EEI. A substituição da Expedição 20 pela Expedição 21 exigiu que três Soyuz estivessem ao mesmo tempo acopladas à estação. Foi a primeira vez em quarenta anos que três Soyuz estiveram simultanamente em órbita.

A astronauta Stott embarcou no ônibus espacial Atlantis, que cumpria a missão STS-129, e retornou a Terra no final de novembro de 2009. Já o comandante De Winne e os astronautas Romanenko e Thirsk fizeram sua aterrissagem, na cápsula russa, em 1º de dezembro, deixando a EEI com somente dois ocupantes.

Plano da Missão[editar | editar código-fonte]

  • Naves Espaciais: Soyuz TMA-15 e Soyuz TMA-16
  • Data de lançamento: setembro de 2009
  • Acoplamento: outubro de 2009
  • Pouso: dezembro de 2009

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. NASA: Expedition 21 Crew Lands in Kazakhstan . Página visitada em 3 de dezembro de 2009, em inglês. [1]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]