Andrea Gabrieli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Andrea Gabrieli
Nascimento 1533
Veneza
Morte 30 de maio de 1585 (52 anos)
Veneza
Ocupação compositor

Andrea Gabrieli (1532/1533? – 30 de agosto de 1585) foi um compositor e organista italiano da Alta Renascença. Tio do bem mais famoso Giovanni Gabrieli, foi o primeiro membro renomado da escola veneziana de compositores, e foi extremamente influente na propagação do estilo veneziano na Itália e na Alemanha. Próximo ao ano de 1550, foi ativo nos domínios de Verona e, de 1564 até à sua morte, trabalhou na Basílica de São Marcos em Veneza.

Deixou numerosas composições de música sacra (motetos, salmos, missas, um "Glória" a 16 vozes e um outro) e profana (quase 250 madrigais). Dentre suas composições instrumentais mencionamos as tocatas para órgão, as canções, os ricercari e a música de conjunto. Dentre seus alunos estão seu sobrinho Giovanni Gabrieli e Hans Leo Hassler.

Expressão Musical[editar | editar código-fonte]

Uma expressão muito virtuosa foi o que tornou as suas tocatas para órgão importantíssimas para a música do século XVI e gerou, assim, uma importante transformação. De fato, estas tocatas, com caráter de improvisação e ricas de passagens virtuosísticas, em grande escala, introduzem uma nova atitude em relação à música instrumental.

Principais Composições:

  • Duas composições corais a oito e a doze vozes, escritas para o Rei da Polônia.
  • Uma coletânea de madrigais a três, quatro e seis vozes (cerca de 250).
  • Canções sacras (1565), para órgão.
  • Tocatas.
  • Ricercari.
  • 4 coros para ' o Édipo Rei de Sófocles.
  • 110 motetos de quatro a doze vozes.

7 salmos davídicos a seis vozes. 4 missas a seis vozes. As greghesche, composições cantadas em um dialeto misto entre veneziano, dálmata e grego.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem o portal:
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Andrea Gabrieli