António Ferreira (escultor)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Anjos Músicos, figura de presépio da autoria de António Ferreia no Museu Bode em Berlim.

António Ferreira (período de atividade entre 1701 e 1750[1]) foi um importante escultor português do período Barroco especializado na produção de figuras para presépios[2].

Apesar de ter sido um dos maiores mestres dessa arte, pouco se sabe sobre ele. Das informações que nos chegaram sobre este escultor sabe-se que pode ter nascido em Braga[3], filho do também escultor Dionísio Ferreira, mas viveu na cidade de Lisboa[2].

Obras[editar | editar código-fonte]

As suas peças são uma interessante reprodução das figuras, trajes e costumes da sociedade portuguesa do século XVIII[3].

O conjunto das figuras do presépio da Madre de Deus, hoje incluída na coleção do Museu Nacional do Azulejo, é considerado a sua magnum opus. Contudo várias peças e conjuntos existem ainda espalhados por outros museus na Europa[2]:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Imagens e media no Commons

Referências

  1. a b «San Juan Bautista niño» (em Castelhano). Museo Nacional de Escultura. Consultado em 1 de setembro de 2015 
  2. a b c d «Ferreira, António (Ficha de Identidade)». MatrizNet. Consultado em 29 de agosto de 2015 
  3. a b «Presépio: das origens ao século XX, passando por S. Francisco de Assis e Machado de Castro». Pastoral da Cultura. Consultado em 29 de agosto de 2015