Antônio Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque, barão de Vila Viçosa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Antônio Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque, barão de Vila Viçosa
Nascimento 13 de março de 1841
Santo Amaro
Morte 19 de maio de 1915 (74 anos)
Santo Amaro
Cidadania Brasil
Ocupação político

Antônio Joaquim Pires de Carvalho e Albuquerque, primeiro e único barão de Vila Viçosa, (Santo Amaro da Purificação, 13 de março de 1841Santo Amaro da Purificação, 19 de maio de 1915) foi um jurista, escritor, deputado durante a Constituinte de 1891 e a primeira legislatura (1891-1893) e musicista brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de Maria Violante de Mattos e Inácio Pires de Carvalho e Albuquerque, portanto, sobrinho do Visconde da Torre de Garcia d'Ávila e descendente dos morgados da Casa da Torre.

Era casado com Francelina Maria da Conceição, de quem teve filhos, e possuía uma grande biblioteca onde pessoas como o escritor Eugênio Gomes fizeram suas primeiras leituras.

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.