Antifilo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Antifilo
Nascimento c. 310 a.C.
Náucratis
Morte c. 280 a.C.
Nacionalidade grego
Ocupação pintor

Antifilo, em grego: Ἀντίφιλος (Náucratis, c. 310 a.C. — c. 280 a.C.) foi um pintor grego de Náucratis,[1][2] Egito, no período de Alexandre, o Grande.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Antifilo trabalhou para Filipe II da Macedônia e Ptolomeu I do Egito. Foi contemporâneo de Apeles, de quem dizem ter sido rival, mas parece ter trabalho em um estilo diferente. Quintiliano fala de sua habilidade: as descrições de suas obras que chegaram até nós mostram que ele se destacou em luz e sombra, em representações de gênero, e em caricatura.

Pinturas de Antifilo em exposição na Roma Antiga[editar | editar código-fonte]

Na Roma Antiga, de acordo com Plínio, o Velho, a Schola Octaviae era ornamentada por pinturas de Antifilo, entre as quais estavam o seu Hesíone e sua pintura do grupo de Alexandre e Filipe com Minerva. A Curia Pompeii, famosa por ter sido o local do assassinato de Júlio César, era decorada com imagens de Cadmo e Europa feitas por Antifilo[3]

Notas

Referências