Apu Inti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Apu Inti, ou simplesmente Inti, era o deus do Sol dos antigos incas. Chamado "Servo de Viracocha", exercia a soberania no plano superior ou divino, do mesmo modo que um intermediário seu, o Imperador Inca, chamado "Filho de Inti", reinava sobre os homens. Inti era a divindade mais importante para os incas: era adorado em muitos santuários, recebendo oferendas de ouro, prata e as chamadas "virgens do Sol", que o serviam. Os incas realizavam sacrifícios a ele, acreditando estar satisfazendo-o. Possuía um grande templo em Cusco, capital do Império Inca, onde as múmias dos imperadores incas eram guardadas, e cujas muralhas eram feitas de ouro, que os incas acreditavam ser o suor do sol.[1]

Representações modernas de Inti

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. WILKINSON, P. O livro ilustrado da mitologia. Tradução de Beth Vieira. 2ª edição. São Paulo. Publifolha. 2002. p. 110.


Ícone de esboço Este artigo sobre mitologia inca é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.