Artaxes I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ardacher I da Pérsia)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde abril de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Artaxes I
Rei de reis
Efígie de Artaxes num dinar de seu reinado. Sobre sua coroa usa o penteado chamado corimbo
xá do Império Sassânida
Reinado 224-fevereiro de 242
Consorte de Denaque
Antecessor(a) Artabano IV
Sucessor(a) Sapor I
 
Descendência Sapor I
Mirxa
Morte fevereiro de 242
Pai Papaque
Mãe Rodaque
Religião Zoroastrismo

Artaxes I[1] (cujo nome deriva do persa médio Arđaxšēr, "o que tem a Ordem Divina como seu reino") foi um rei da Pérsia e fundador do Império Sassânida. Reinou de 224 a 241.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Artaxes descendia de uma linhagem de sacerdotes zoroastristas que governava a província de Pars (berço do Império Persa, corresponde hoje à província de Fars). Seu avô paterno foi Sasanes, o grande sacerdote do Templo de Anahita; historiadores posteriores dariam à dinastia reinante da Pérsia a designação sassânida. O pai de Artaxes, Papaque, depôs o rei de Pars (vassalo do Império Parta) e assumiu o trono. O próprio Artaxes subiu ao poder em Pars em 208, após rebelar-se contra o irmão.

A expansão do reino de Pars pelos territórios vizinhos atraiu a atenção de Artabano IV, Grande Rei do Império Parta, suserano de Artaxes. Artabano avançou contra Pars em 224 mas foi morto em batalha, em Hormizdegan. Artaxes, então, anexou as demais províncias da Pártia. Foi coroado em 226 Xainxá ("Rei dos Reis") da Pérsia, encerrando 400 anos de domínio parta e dando início a quatro séculos de governo sassânida.

Artaxes e seus sucessores estabeleceram um vasto Império baseado em Firuzabad, Pars (naquela época conhecida como Gor), que alcançava as fronteiras do antigo Império Aquemênida a leste do rio Eufrates.

Sucedeu-o seu filho, Sapor I.

Referências

  1. «The new kingdom of the Persians» (em inglês). Consultado em 14 de agosto de 2014. 
  2. Matthew Bunson. Encyclopedia of the Roman Empire. Infobase Publishing; 2009. ISBN 978-1-4381-1027-1. p. 34.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Artabano IV
Xá da Pérsia (sassânida)
226-241
Sucedido por
Sapor I