Armando da Silva Ferreira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Armando da Silva Ferreira
Line-style-icons-newspaper.svg
Nascimento 25 de outubro de 1893
Lisboa
Morte 3 de dezembro de 1968 (75 anos)
Ocupação Engenheiro, jornalista e escritor
Nacionalidade Portugal portuguesa

Armando da Silva Ferreira (Lisboa, 25 de Novembro de 18933 de Dezembro de 1968) foi um engenheiro, jornalista e escritor português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascimento e formação[editar | editar código-fonte]

Nasceu na cidade de Lisboa, em 25 de Novembro de 1893.[1] Em 1918, completou a sua formatura em engenharia.[2]

Carreira profissional[editar | editar código-fonte]

Em 1918, foi nomeado como engenheiro do Ministério da Agricultura, e no ano seguinte foi convidado a ocupar o cargo de secretário da Anglo-Portuguese Telephone Company.[1]

Iniciou a sua carreira como jornalista em 1918, no periódico A Capital, onde foi pouco depois promovido a chefe de redacção.[1] Colaborou igualmente noutras publicações, incluindo o Comércio do Porto, ABC, Ilustração Portuguesa, Jornal da Europa , O Século Ilustrado, Gazeta dos Caminhos de Ferro,[2] e o semanário O Domingo Ilustrado[3] (1925-1927). Também foi um teatrólogo destacado, tendo escrito crítica teatral no Diário Popular, Notícias Ilustrado e no Jornal do Comércio.[2]

Deixou uma vasta obra literária, tendo escrito sobre vários temas, destacando-se principalmente como humorista.[2] Uma das suas principais obras foi a série Lisboa sem Camisa, baseada no livro Lisboa em Camisa, de Gervásio Lobato.[4] Fundou a Sociedade de Autores e Compositores Portugueses, e quando faleceu, era administrador da companhia Amélia Rey Colaço - Robles Monteiro.[1]

Falecimento[editar | editar código-fonte]

Morreu na tarde de 3 de Dezembro de 1968.[1] O cemitério realizou-se no dia seguinte, desde a Igreja de São José dos Carpinteiros até ao Cemitério do Alto de São João.[2]

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Nuvem que Passa
  • Às Três Pancadas (em colaboração com
  • Pirilampos (versos), 1911
  • Rosário (versos), 1912
  • Era uma vez (contos), 1915
  • À la minute… (contos), 1916
  • Guida (romance), 1916
  • Contos do Vigário, 1917
  • Do amor à loucura (novela), 1917
  • A menina dos olhos castanhos (novela), 1917
  • Os humildes (contos), 1917
  • Da vida que passa (contos), 1918
  • Contos maduros, 1918
  • Crónicas de Viagem, 1922
  • O meu crime (folhetins de A Capital), 1923
  • Tito e Tátá, no país da fantasia (literatura infantil), 1928
  • Branco e Negro (contos), 1929
  • Contos escuros, 1931
  • Nau Catrineta (literatura infantil), 1931
  • Contos alegres, 1932
  • A Casa do Diabo (policial), 1933
  • Lisboa sem Camisa, 1935, série de 3 livros:
    • O Casamento de Fifi Antunes
    • O Baile dos Bastinhos
    • O Galã de Alcãntara
  • Amor de Perdigão, 1938
  • A Família Piranga, 1939
  • As Aventuras de D. Martinho de Aguilar em Lisboa, 1939
  • A Barata Loira, 1941
  • Glória, 1941
  • Um livro de Graça, 1942
  • Sorte Grande, 1942
  • Os meus fantoches (contos), 1943
  • Coisas da Maria Rita, 1944
  • Remédio das Caldas (romance humorístico), 1944
  • Prefácio à organização da Antologia de Humoristas Portugueses, Falecidos até 1945
  • Caixinha de Rapé: Filosofia dos que riem, 1946
  • Fortuna: Novela de Costumes Populares Lisboetas Sujeita a Mote, 1947
  • Antologia de Humoristas Franceses, Italianos, Húngaros e Portugueses Contemporâneos, 1948.

Referências

  1. a b c d e «Os Nossos Mortos» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 81 (1933). 16 de Janeiro de 1969. p. 191. Consultado em 19 de Outubro de 2012 
  2. a b c d e «Faleceu o eng.º Armando Ferreira». Diário de Lisboa. 48 (16508). 3 de Dezembro de 1968. p. 17. Consultado em 16 de Fevereiro de 2018 
  3. Rita Correia (10 de Novembro de 2007). «Ficha histórica: O Domingo Ilustrado (1925-1927)» (pdf). Hemeroteca Municipal de Lisboa. Consultado em 3 de outubro de 2014 
  4. BROCHADO, Alfredo (16 de Março de 1935). «Bibliografia» (PDF). Gazeta dos Caminhos de Ferro. 47 (1134). p. 131. Consultado em 16 de Fevereiro de 2018 


Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) jornalista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.