Arquidiocese de Sherbrooke

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Arquidiocese de Sherbrooke
Archidiœcesis Sherbrookensis
Localização
País  Canadá
Território sudeste de Quebéc
Dioceses sufragâneas Nicolet, Saint-Hyacinthe
Estatísticas
População 338 000
Área 8 000 km²
Paróquias 92
Sacerdotes 261
Informação
Rito romano
Criação da diocese 28 de agosto de 1874
Elevação a arquidiocese 2 de março de 1951
Catedral Catedral Basílica de São Miguel
Padroeiro São Miguel Arcanjo
Governo da arquidiocese
Arcebispo Luc Cyr
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana
Contatos
Página oficial http://www.diosher.org/
dados em catholic-hierarchy.org

A Arquidiocese de Sherbrooke (Archidiœcesis Sherbrookensis) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica situada em Sherbrooke, Quebéc, Canadá. Seu atual arcebispo é Luc Cyr. Sua é a Catedral Basílica de São Miguel.

Possui 92 paróquias servidas por 261 padres, contando com 338 mil habitantes, com 89,9% da população jurisdicionada batizada.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro missionário a entrar no território da atual arquidiocese foi Jean Raimbault, pároco de Nicolet, que celebrou a primeira missa em 1 de maio de 1816. Nesse ano sucessivamente foi eregida uma missão verdadeira e própria com uma capela (1826) e um pequeno cemitério (1827). Em seguida à visita pastoral do arcebispo de Québec, Joseph Signay, em 1836, a missão recebe novos reforços. Em 14 de janeiro de 1855 foi consagrada a primeira igreja, dedicada a São Miguel arcanjo, que foi ereta como paróquia em 1872.

A Diocese de Sherbrooke foi ereta em 28 de agosto de 1874, recebendo o território da Arquidiocese de Québec e da Diocese de Saint-Hyacinthe e de Trois Rivières. Originalmente era sufragânea da arquidiocese de Québec, mas em 1886 passou a fazer parte da província eclesiástica da Arquidiocese de Montréal.

Seu primeiro bispo foi Antoine Racine, que em janeiro de 1875 fundou o primeiro seminário diocesano, tornando-se o seu primeiro superior.

Em 11 de março de 1892 o Papa Leão XIII instituiu o capítulo dos cânones com o breve Ex officio.

Em 1915 o bispo Paul La Rocque fez construir o atual bispado, cuja capela foi decorada pelo pintor québequois Ozias Leduc e em 1915 começou a construção de uma nova catedral, que foi consagrada em 28 de setembro de 1957.

Durante o episcopado de Philippe Desranleau foi inaugurado um novo seminário (1939) e convocado o primeiro sínodo diocesano (1941).

Em 2 de março de 1951 é elevada ao posto de arquidiocese metropolitana com a bula Universi dominici gregis do Papa Pio XII.

Prelados[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Dados de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Arquidiocese de Sherbrooke