Arquidiocese de Sherbrooke

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Arquidiocese de Sherbrooke
Archidiœcesis Sherbrookensis
Localização
País  Canadá
Território sudeste de Quebéc
Dioceses Sufragâneas Nicolet, Saint-Hyacinthe
Estatísticas
População 338 000
Área 8 000 km²
Paróquias 92
Sacerdotes 261
Informação
Rito romano
Criação da Diocese 28 de agosto de 1874
Elevação a Arquidiocese 2 de março de 1951
Catedral Catedral Basílica de São Miguel
Padroeiro São Miguel Arcanjo
Governo da Arquidiocese
Arcebispo Luc Cyr
Jurisdição Arquidiocese Metropolitana
Contatos
Endereço 130 rue de la Cathédrale, Sherbrooke, QC
Página Oficial http://www.diosher.org/
dados em catholic-hierarchy.org

A Arquidiocese de Sherbrooke (Archidiœcesis Sherbrookensis) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica situada em Sherbrooke, Quebéc, Canadá. Seu atual arcebispo é Luc Cyr. Sua é a Catedral Basílica de São Miguel.

Possui 92 paróquias servidas por 261 padres, contando com 338 mil habitantes, com 89,9% da população jurisdicionada batizada.[1]

História[editar | editar código-fonte]

O primeiro missionário a entrar no território da atual arquidiocese foi Jean Raimbault, pároco de Nicolet, que celebrou a primeira missa em 1 de maio de 1816. Nesse ano sucessivamente foi eregida uma missão verdadeira e própria com uma capela (1826) e um pequeno cemitério (1827). Em seguida à visita pastoral do arcebispo de Québec, Joseph Signay, em 1836, a missão recebe novos reforços. Em 14 de janeiro de 1855 foi consagrada a primeira igreja, dedicada a São Miguel arcanjo, que foi ereta como paróquia em 1872.

A Diocese de Sherbrooke foi ereta em 28 de agosto de 1874, recebendo o território da Arquidiocese de Québec e da Diocese de Saint-Hyacinthe e de Trois Rivières. Originalmente era sufragânea da arquidiocese de Québec, mas em 1886 passou a fazer parte da província eclesiástica da Arquidiocese de Montréal.

Seu primeiro bispo foi Antoine Racine, que em janeiro de 1875 fundou o primeiro seminário diocesano, tornando-se o seu primeiro superior.

Em 11 de março de 1892 o Papa Leão XIII instituiu o capítulo dos cânones com o breve Ex officio.

Em 1915 o bispo Paul La Rocque fez construir o atual bispado, cuja capela foi decorada pelo pintor québequois Ozias Leduc e em 1915 começou a construção de uma nova catedral, que foi consagrada em 28 de setembro de 1957.

Durante o episcopado de Philippe Desranleau foi inaugurado um novo seminário (1939) e convocado o primeiro sínodo diocesano (1941).

Em 2 de março de 1951 é elevada ao posto de arquidiocese metropolitana com a bula Universi dominici gregis do Papa Pio XII.

Prelados[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Dados de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Arquidiocese de Sherbrooke