Autopista Régis Bittencourt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Autopista Régis Bittencourt
Razão social Autopista Regis Bittencourt S.A.
Tipo Sociedade anônima
Gênero Concessionária de rodovias
Fundação 2008
Sede Brasil Registro, SP
Proprietário(s) Arteris
Presidente Eneo Palazzi
Website oficial http://www.autopistaregis.com.br/?link=home.inicial

A Autopista Régis Bittencourt é uma concessionária de rodovias brasileira fundada em 2008, responsável pela gestão de 402,6 quilômetros da rodovia Régis Bittencourt (BR-116), que liga as cidades de São Paulo (SP) e Curitiba (PR). Seu controle acionário pertence a Arteris.[1]

A concessão para administrar e conservar a Régis Bittencourt por 25 anos foi obtida em leilão realizado em 9 de outubro de 2007. O contrato de concessão foi assinado em 14 de fevereiro de 2008 e prevê investimentos de R$ 3,9 bilhões e a responsabilidade pela administração, manutenção, recuperação e outras melhorias na BR-116 entre as cidades de São Paulo (SP) e Curitiba (PR).

Cidades abrangidas[editar | editar código-fonte]

O percurso do trecho sob concessão compreende 17 municípios localizados no Paraná e São Paulo. São eles:

No Estado de  São Paulo:

No Estado do  Paraná:

Praças de pedágio[editar | editar código-fonte]

São seis as praças de pedágio ao longo do trecho concedido à Autopista Régis Bittencourt. Elas estão situadas nos seguintes pontos:

Pedágio km UF Localidade/Município Sentido
1 299 SP São Lourenço da Serra Bidirecional
2 370 SP Miracatu Bidirecional
3 426 SP Juquiá Bidirecional
4 485 SP Cajati Bidirecional
5 542 SP Barra do Turvo Bidirecional
6 057 PR Campina Grande do Sul Bidirecional

Tarifas do pedágio[editar | editar código-fonte]

Atualmente os valores das tarifas são:[2]

*Tarifas atualizadas em 01 de janeiro de 2017

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.