Juquitiba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Juquitiba
"Terra de Muitas Águas"
Bandeira de Juquitiba
Brasão de Juquitiba
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 28 de março
Fundação 1887
Emancipação 28 de fevereiro de 1964 (53 anos)
Gentílico juquitibense
Prefeito(a) Ayres Scorsatto (PR)
(2017–2020)
Localização
Localização de Juquitiba
Localização de Juquitiba em São Paulo
Juquitiba está localizado em: Brasil
Juquitiba
Localização de Juquitiba no Brasil
23° 55' 55" S 47° 04' 04" O23° 55' 55" S 47° 04' 04" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Metropolitana de São Paulo IBGE/2008[1]
Microrregião Itapecerica da Serra IBGE/2008[1]
Região metropolitana São Paulo
Municípios limítrofes Ibiúna, São Lourenço da Serra, Embu-Guaçu, São Paulo, Itanhaém, Pedro de Toledo e Miracatu
Distância até a capital 70 km[2]
Características geográficas
Área 521,598 km² [3]
População 28 732 hab. Censo IBGE/2010[4]
Densidade 55,08 hab./km²
Altitude 685 m
Clima Subtropical Cfb
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,709 alto PNUD/2010 [5]
PIB R$ 198 655,755 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 6 829,00 IBGE/2008[6]
Página oficial

Juquitiba é um município localizado na Região Metropolitana de São Paulo, no estado de São Paulo, no Brasil. Sua população é de 30.837 habitantes, distribuída em um área de 521,598 quilômetros quadrados. O município apresenta grande potencial para o ecoturismo e turismo de aventura.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

O topônimo "Juquitiba" é proveniente do termo tupi guarani "YU-KU-I-TIBA", que significa "terra de muitas águas".[7]

História[editar | editar código-fonte]

No século XVI, existia um aldeamento indígena na região. A partir de 1855, a região passou a ser conhecida como "bairro de São Lourenço". Por volta de 1887, Manoel Jesuíno Godinho e sua esposa construíram uma capela dedicada a Nossa Senhora das Dores e doaram dois alqueires de terra ao redor da capela para moradores locais construírem suas residências. A partir de então, a região passou a ser conhecida como "Capela Nova da Bela Vista do Juquiá". Em 1903, o engenheiro Henrique Boccolini projetou uma ferrovia que deveria ligar São Paulo a Santo Antônio do Juquiá (atual Juquiá), passando seu traçado por esta localidade.[8] O projeto da ferrovia, porém, não prosperou.

Com os rumos tomados pelo governo brasileiro de Juscelino Kubitschek, o traçado originário da ferrovia foi utilizado para a construção de uma rodovia, primeiramente denominada BR-2, logo em seguida (1970) denominada BR-116, com o nome nesse trecho de Rodovia Federal Régis Bittencourt. Juquitiba se tornou município em 28 de fevereiro 1964, quando se emancipou de Itapecerica da Serra, porém os governantes só assumiram em 20 de março, que se tornou aniversário da cidade.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Seus limites são: Ibiúna a oeste e norte, São Lourenço da Serra e Embu-Guaçu a nordeste, São Paulo a leste, Itanhaém a sudeste, Pedro de Toledo e Miracatu a sul.

  • Área em km²: 521,598
  • Posição no Estado de São Paulo: 157º(sudeste)

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo 2010:

  • População Total: 28 737
  • Homens: 14 543
  • Mulheres: 14 194

(Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística)

  • IDH: 0,754 (médio)
  • IDH-M Renda: 0,666
  • IDH-M Longevidade: 0,750
  • IDH-M Educação: 0,845

(Fonte: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada)

Hidrografia[editar | editar código-fonte]

Juquitiba integra uma região rica em nascentes e cursos d'água, o que faz o município ter todo seu território abrangido pela Lei de Proteção dos Mananciais. Entre os principais cursos d'água que cortam o município, estão:

O Sistema São Lourenço, previsto para ser inaugurado em 2018 pela Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), deve captar água da Represa Cachoeira do França, formada pelo Rio Juquiá, para abastecimento da Região Metropolitana de São Paulo.

Rodovias[editar | editar código-fonte]

Principal acesso: BR-116 (Rodovia Régis Bittencourt).

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima da região é considerado subtropical. A temperatura média anual gira em torno dos dezoito graus centígrados. O clima tem as quatro estações definidas, e chuvas o ano todo, principalmente no verão.

Vegetação[editar | editar código-fonte]

A vegetação da região é típica da Mata Atlântica. O município abrange o Parque Estadual da Serra do Mar (Núcleo Curucutu) e parte da zona de amortecimento do Parque Estadual do Jurupará.

Relevo[editar | editar código-fonte]

A região é montanhosa, a altitude média é de 685 metros. O ponto mais alto fica no Bairro das Laranjeiras (900 metros) e o mais baixo no Bairro do Engano (550 metros).

Turismo[editar | editar código-fonte]

Juquitiba oferece diversos atrativos relacionados ao ecoturismo e esportes de aventura, como o rafting no Rio Juquiá, arvorismo, tirolesa, trekking, boia cross, canoagem, entre outros. A Represa Cachoeira do França, uma das mais importantes da Região Metropolitana de São Paulo, também atrai visitantes em busca de lazer e pesca esportiva.

Administração[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Juquitiba

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. «Como chegar em Juquitiba». Consultado em 7 de junho de 2013 
  3. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de julho de 2013 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  7. http://www.juquitiba.sp.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=69&Itemid=899
  8. Cartorio de Juquitiba

Ligações externas[editar | editar código-fonte]