Zona Oeste de São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Oeste
Marginal Pinheiros.
Área 128 km²
População 872.817 hab. (2008)
Renda média R$ 2.174,55
Subprefeituras Lapa, Pinheiros e Butantã
Zonas de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg

A Região Oeste de São Paulo é uma região administrativa estabelecida pela Prefeitura de São Paulo englobando as subprefeituras da Lapa, de Pinheiros e do Butantã.[1] De acordo com o censo de 2000, tem uma população de 888.623 habitantes e renda média por habitante de R$ 2.174,55.[2] A região é composta por diversos bairros, entre eles: Vila Leopoldina, Alto de Pinheiros, Lapa, Vila Madalena, Vila dos Remédios, Perdizes, Barra Funda, Butantã etc, sendo a Linha 4 do Metrô de São Paulo a responsável por ligar a Zona Oeste às Zonas Sul e Central.

A localização é valorizada, tranquila e possui bairros de classe média e alta. Além disso, o maior campus da Universidade de São Paulo, chamado Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira, é localizado na Zona Oeste. A Região Oeste de São Paulo faz divisa com algumas cidade da região da Grande São Paulo, como Osasco e Taboão da Serra. O Instituto Butantan, referência em pesquisas sobre fauna e flora, também está localizado na Região Oeste da cidade, ao lado da Universidade de São Paulo, há somente alguns metros da estação Butantã da linha 4 do metrô.

Foto panorâmica da Cidade Universitária USP[3]

Região Oeste de São Paulo possui um farto repertório de atrações culturais e uma das mais diversificadas regiões da cidade. Dentre estádios de futebol, diversos museus, shoppings, memorial da América Latina, praças e parques tradicionais. Andando pelas ruas da região podemos desfrutar de muitas opções de passeios, diversão e cultura.

Temos 15 principais parques na Região Oeste de São Paulo com grande destaque para o Parque da Água Branca, Parque da Previdência e principalmente o Parque Vila-Lobos que é hoje o segundo principal parque da cidade e um dos maiores e mais frequentados do país. Alem disso a região possui diversas praças tradicionais com grande contexto histórico e cultural como a Praça Elis Regina e Praça Benedito Calixto que contam com famosas feiras culturais e de artesanato e a Praça Pôr do Sol que é ponto de encontro de casais, família e amigos para saborear a linda vista do local.

Uma das principais características da Região Oeste de São Paulo são os tradicionais shoppings Centers da região. Cada bairro praticamente possui seu grande ponto de compras muitos deles com mais de 30 anos de existência. Quem mora ou visita São Paulo com certeza já esteve nos tradicionais shoppings West Plaza, Eldorado, Iguatemi ou Vila-Lobos, entre outros.

A Região Oeste de São Paulo possui hoje estações em 3 linhas do Metrô: .

Ela possui também estações em três linhas de trem da CPTM:

São também dezenas de linhas de ônibus e lotações para todas as demais regiões da cidade. 

As principais vias de acesso para a Zona Oeste de SP são a Marginal Pinheiros, avenida Rebouças, avenida Francisco Morato, avenida Faria Lima, avenida Doutor Arnaldo, avenida Heitor Penteado, e avenida Francisco Matarazzo.

Referências

  1. Mapa oficial das subprefeituras da cidade de São Paulo: http://ww2.prefeitura.sp.gov.br//arquivos/guia/mapas/0001/mapa_subprefeituras.jpeg small>
  2. Média ponderada baseado em dados de renda e população da Prefeitura: http://ww2.prefeitura.sp.gov.br//arquivos/secretarias/planejamento/plano_diretor/Plano_Municipal_Habitacao.pdf
  3. «USP Mapas - Universidade de S�o Paulo». www.usp.br. Consultado em 2015-11-30.  replacement character character in |título= at position 30 (Ajuda)