Zona Noroeste de São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox warning pn.svg
Este artigo foi proposto para eliminação por consenso.

Você é encorajado a melhorar o artigo, mas não remova este aviso, o que seria considerado vandalismo, além de não afetar o processo.

Dê a sua opinião e caso ela seja transformada numa votação após uma semana, vote (se tiver direito ao voto) na discussão.

Se aprovada, a eliminação ocorrerá a partir de 18 de setembro.


Usuário: se esta página possui arquivos de mídia que não são utilizáveis em outras páginas, adicione uma nota em WP:PER, para que um administrador lusófono do Wikimedia Commons verifique se ela se encontra no escopo do projeto.

Noroeste
Pico do Jaraguá (Serra da Cantareira), Pista de ciclismo no Parque Anhanguera (Perus), Igreja Matriz de Nossa Senhora do Ó (Freguesia do Ó), visão geral de Perus, Estação Jaraguá (Linha 7 da CPTM) e ocupação irregular próxima à Serra da Cantareira.
Área 144 km²
População 1.007.691 hab. (2008)
Renda média R$ 751,60
Subprefeituras Freguesia do Ó/Brasilândia, Pirituba/Jaraguá e Perus
Zonas de São Paulo Bandeira da cidade de São Paulo.svg

A Região Noroeste de São Paulo é uma região administrativa estabelecida pela Prefeitura de São Paulo englobando as subprefeituras de Pirituba, de Perus e da Freguesia do Ó. De acordo com o censo de 2000, tem uma população de 1.044.742 habitantes e renda média por habitante de R$ 751,60.[1] Forma com a zona nordeste a macro-zona conhecida simplesmente como "Zona Norte". Faz divisa com as cidades de Caieiras, Osasco, Barueri, Santana de Parnaíba e Cajamar.

Quase sempre se refere a esta região simplesmente como Zona Norte ou até Oeste,[2][3] sendo a denominação "Noroeste" quase desconhecida pela população em geral, só usada para fins oficiais.

Características[editar | editar código-fonte]

A história de colonização desta região se deu com o início da exploração das regiões de Campinas e Jundiaí, sendo localizada nesta região a saída para essas cidades, através da Rodovia Anhanguera.

A zona noroeste é uma área de classe média baixa e média, além de abrigar alguns bairros nobres da cidade. Planejados pela Companhia City durante o início do século XX, em algumas regiões como Perus fica evidente a desigualdade social que afeta o bairro.

A região que possui boas opções de transportes coletivos, é servida por 5 estações da Linha 7 da CPTM e abrigará futuramente 5 estações da Linha 6 do Metrô de São Paulo além dos terminais urbanos como o de Pirituba, o maior e mais movimentado da região. em regiões como a Freguesia do ó e Pirituba oferecem algumas áreas de lazer e de pratica de esportes como o Parque Cidade de Toronto localizado no City América, bairro nobre em Pirituba. Em seu território localizam-se as rodovias Anhanguera, Bandeirantes e o Rodoanel Mário Covas, no entorno dessas vias existem diversas indústrias.

Subprefeituras[editar | editar código-fonte]

A região é dividida em três subrefeituras:

Pirituba/Jaraguá[editar | editar código-fonte]

  • IDH: 0,826 - elevado

Compreende a região formada pelos distritos de Pirituba, São Domingos e Jaraguá, apresenta 54,7 km² de área. Habitada por mais de 390 mil pessoas, é servida pela Linha 7 da CPTM pelas estações Pirituba, Piqueri Vila Clarice e Jaraguá.

Abriga em seu limites duas aldeias indígenas, Tekoa Ytu e Tekoa Pyau, a Casa de Nassau, o Centro de Formação de Soldados, o Parque Estadual do Jaraguá, Pico do Jaraguá, o Parque São Domingos e o Parque Cidade de Toronto. Destaca-se o City América, bairro nobre situado nos arredores da Rodovia dos Bandeirantes.

A arquitetura da Freguesia do Ó.

Freguesia do Ó/Brasilândia[editar | editar código-fonte]

  • IDH: 0,800 - elevado

Compreende a região formada pelos distritos de Freguesia do Ó e Brasilândia, representada por 31,5 km², e habitada por mais de 391 mil pessoas. Futuramente será servida pela Linha 6 do Metrô de São Paulo.

Situam-se em seu território a escola de samba Sociedade Rosas de Ouro e parte da Serra da Cantareira.

Perus[editar | editar código-fonte]

  • IDH: 0,773 - médio

Compreende a região de 57,2 km², habitada por mais de 109 mil pessoas, formada pelos distritos de Anhangüera e Perus. Abriga o maior parque municipal, o Parque Anhanguera; a rodovia dos Bandeirantes, a Rodovia Anhanguera, a Estrada Velha de Campinas, o Rodoanel Mário Covas e diversas indústrias. A área é servida pela Linha 7 da CPTM pela Estação Perus.

Referências