Axayácatl

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Axayacatl
Axayácatl no códice Azcatitlan
Tenochtitlan Glyph ZP.svg
Huey Tlatoani
Tlatoani de Tenochtitlan
14691481
predecessor Moctezuma I
sucessor Tízoc
Esposa Azcaxóchitl
Nome completo
aʃaˈjakat͡ɬ
Dinastia Dinastia Imperial Asteca
Pai Tezozomoc
Mãe Atotoztli II
Nascimento 1450
Tenochtitlan
Morte 1481 (31 anos)
Tenochtitlan

Axayácatl (náuatle/nauatle : aːʃaːˈjakat͡ɬ  ; português: Mascara D'água , 14501481), foi o sexto tlatoani de Tenochtitlan, reinou de 1469 a 1481

Vida[editar | editar código-fonte]

O pai de Axayácatl era Tezozomoc filho de Itzcóatl. Já sua mãe era Atotoztli II , filha de Moctezuma Ilhuicamina. Com a morte de Moctezuma em 1465, o conselho eleitoral propôs a Tlacaelel como Huey Tlatoani, mas este recusou, como já tinha feito anteriormente, quando lhe indicaram para ser o sucessor de Izcóatl, e em vez disso propôs que um membro da casa reinante, Axayacatl então com 15 anos de idade [1] . Axayacatl unia as linhas dos dois grandes tlatoani e reforçava a natureza eletiva do monarca, opondo-se a qualquer tendência de reverter sua primogenitura. Axayacatl , apesar de sua juventude, já provara ser um guerreiro capaz e já liderara pequenos comandos. Axayácatl provou ser um governante agressivo e valoroso e com bastante bom senso seguir os conselhos de Tlacaelel [2] .

Sua coroação impulsionou o exército asteca a explorar a Costa do Pacífico pela primeira vez. Em 1473, o rei de Tlatelolco, chamado Moquihuix, aliou-se aos Chalcas, e declaram guerra aos astecas. Axayácatl, defendendo os astecas, entra em Tlaletolca e vence Moquihuix, sacrificou-o na praça do mercado de Tlaltelolco. Sendo imposto a cidade um governo militar. Tlaltelolco perde assim, a independência. Passou, então, a ser mais uma cidade tributária da Tríplice Aliança Asteca [2] .

Entre 1473 e 1478 foram feitas varias invasões militares com o objectivo de estender o império asteca, tendo então, aumentado o número de povos submetidos a esse império. estendeu as conquistas à fronteira da atual Guatemala. Em 1480 Axayácatl liderou vinte e quadro mil guerreiros rumo a Michoacán mas na fronteira encontrou quarenta mil Purépechas (denominados pelos espanhóis Tarrascos), foram dois dias de batalhas onde no final ocorreu a maior derrota asteca [2] .

No ano de 1481, Axayácatl mandou esculpir a sua imagem em Chapultepec, morreu ao regressar dessa inauguração, pois estava doente com apenas 31 anos de idade [2] .

Axayácatl casou com Azcaxóchitl, e tiveram três filhos. Dois rapazes, Moctezuma Xocoyótzin e Cuitláhuac, e uma rapariga, Tillalcápatl.

Entre seus feitos importantes estão : construção da "pedra do sol" hoje conhecida como Calendário asteca [1] , a conquista do Vale de Toluca, e a conquista de 37 povos, entre eles: Metepec, Ocoyoacac, Tlacotepec, Capulhuac, Calimayan, Tulucan, Juiquipilco, Tenancingo, Ocuilan, Tacalco, Mixtlan, Tuxpan, e Tetzapotitlán.





Precedido por
Moctezuma I
Tenochtitlan Glyph ZP.svg Tlatoani de Tenochtitlan
14691481
Sucedido por
Tízoc
Precedido por
Moctezuma I
Tenochtitlan Glyph ZP.svg Huey Tlatoani
14691481
Sucedido por
Tízoc
Precedido por
Moctezuma I
Tlacochcalcatl.jpg Tlacochcalcatl
1440 - 1469
Sucedido por
Tízoc


Referências

  1. a b Glaoria Delgado, Historia de Mexico], Volume 1 (em espanhol) Pearson Educación, 2006 pp.211-213 ISBN 9789702607977
  2. a b c d Peter G. Tsouras , Montezuma : Warlord of the Aztecs (em inglês) Potomac Books, Inc., 2011 p 26, ISBN 9781612340654