Azteca Trece

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Azteca Trece
XHDF-TDT
Tipo Variedades
País  México
Fundação 12 de outubro de 1968 (49 anos)
por Francisco Aguirre Jiménez
Pertence a México TV Azteca
Proprietário México TV Azteca
Cidade de origem Cidade do México
Slogan Azteca Trece Contigo (Azteca Treze com voce)
Formato de vídeo 1080i HDTV
480i 16:9 (en multiprogramação)
Canais irmãos Azteca 7
adn 40
a+
Cobertura Nacional
Nome(s) anteriore(s) XHDF-TV (1968-2015)
Página oficial Azteca Trece
Digital
Canal 25/Virtual: 1.1 (ATSC)
Disponibilidade por satélite
México Sky
113, 114 e 115
Estados Unidos Directv
442

Azteca Trece (Azteca Treze em português) é uma rede mexicana de televisão, com emissoras afiliadas e repetidoras em todo o México, sendo todos operados e de propriedade da TV Azteca [1].

Azteca Trece é transmitida na cidade do México através da XHDF-TDT Canal 25 (virtual 1.1).[2].

A programação está disponível também através da Sky México nos canais 113, 114 e 115[3] e em outros sistemas de televisão por assinatura.

Alguns de seus programas também podem ser vistos nos canais Azteca América e Azteca México no canal 442 da DirecTV nos Estados Unidos.[4]

História[editar | editar código-fonte]

Fundação[editar | editar código-fonte]

Em 1968, a concessão do novo canal 13 da cidade do México, que teria como indicativo de sinal XHDF-TV, foi dada ao fundador do Grupo Radio Centro, Francisco Aguirre Jiménez, que para operar o canal fundou a empresa Corporación Mexicana de Radio y Televisión S.A. de C.V..[5]

O canal iniciou suas transmissões regulares em 1 de setembro de 1968 exibindo o Quarto Informe de Governo do presidente mexicano Gustavo Díaz Ordaz, em 12 de outubro do mesmo ano, o canal mostrou a cerimônia de abertura das Olimpíadas de 1968.

Estatização[editar | editar código-fonte]

Em 1972, devido a dívidas com a Sociedad Mexicana de Crédito Industrial (SOMEX), orgão financeiro estatal, 100% das ações do canal passaram as mãos do Governo mexicano, então encabeçado por Luis Echeverría Álvarez.

O primeiro diretor do Canal 13 foi Antonio Menéndez González, após seu falecimento, foi sucedido por Enrique González Pedrero, então senador pelo estado de Tabasco.

Em 1982, juntamente com o Canal 22, foi integrado ao Instituto Mexicano de la Televisión (Instituto Mexicano da Televisão), em 1985, o orgão estatal adotou como nome a sigla Imevisión.

Privatização[editar | editar código-fonte]

Em 1993, a administração de Carlos Salinas de Gortari realizou uma concorrência pública para a venda do Imevisión. O ganhador foi Ricardo Salinas Pliego, dono de uma rede de venda de eletrodomésticos chamada Elektra.[6]

Transição para a Televisão Digital Terrestre 2015-2016[editar | editar código-fonte]

XHDF TV, assim como todos os canais analógicos transmitidos no México, deixou de operar em 17 de dezembro de 2015 à meia noite.

O IFT (Instituto Federal de Telecomunicaciones), como parte da organização dos canais virtuais em todo México, a partir de 27 de outubro de 2016 designou, a princípio, o canal virtual 13.1 para a Azteca Trece, espelhando seu antigo número analógico. Entretanto, em 10 de outubro de 2016, foi anunciado que a rede ficaria com o canal virtual 1.1.

Em 25 de outubro de 2016, foi efetuada a mudança de seu canal virtual, convertendo a emissora na única rede nacional comercial a ter o mesmo canal virtual em todas as suas estações em todo o México.[7]


Referências

  1. Comision Federal de Comunicaciones: Infraestructura de Televisión en México (em espanhol)
  2. México Radio y TV - Directorio de la Radio y Televisión Mexicana (em espanhol)
  3. SKY México: paquetes - em espanhol
  4. DirecTV Americana: pacotes (em inglês)
  5. Perete, Ricardo (30 de outubro de 2012). «Canal 13 Fue del Gobierno…!». unomásuno. Consultado em 6 de setembro  Parâmetro desconhecido |anoacesso= ignorado (ajuda); Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  6. Toussaint Alcaraz, Florence (1998). Televisión sin fronteras. [S.l.]: Siglo XXI Editores. pp. 128–133. ISBN 9682321247 
  7. http://www.elfinanciero.com.mx/empresas/adios-al-13-azteca-trece-se-vera-en-el-canal-a-nivel-nacional.html

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]