Basílio, o Velho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros santos de mesmo nome, veja São Basílio (desambiguação).
São Basílio, o Velho
Confessor
Nascimento século III em província romana de Ponto
Morte século IV em Cesareia, Capadócia
Veneração por Igreja Católica
Igreja Ortodoxa Oriental
Gloriole.svg Portal dos Santos

São Basílio, o Velho, foi criado em Neocesareia, na província romana do Ponto. Filho de Macrina Maior, acredita-se que Basílio mudou com a família para a costa do Mar Negro durante a perseguição aos cristãos sob o imperador romano Galério. Lá, ele se casou, com a ajuda de sua mãe, com Emélia de Cesareia, de uma família rica e filha de um mártir, e se assentou em Cesareia. Lá, ele e sua esposa, com a ajuda de Macrina, deram origem a uma das mais influentes famílias da história do cristianismo. De seus nove filhos, cinco são lembrados pelo nome e são considerados santos: Basílio Magno, Gregório de Níssa, Pedro de Sebaste, Naucrácio e Macrina, a Jovem[1].

Referências

  1. Wikisource-logo.svg "St. Basil the Great" na edição de 1913 da Enciclopédia Católica (em inglês). Em domínio público.
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um santo, um beato ou um religioso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.