Bill Eppridge

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Bill Eppridge
Nome completo Guillermo Alfredo Eduardo Eppridge
Nascimento 20 de março de 1938
Buenos Aires,  Argentina
Morte 3 de outubro de 2013 (75 anos)
Danbury,  Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano naturalizado
Ocupação repórter fotográfico
Principais trabalhos foto do corpo de Robert Kennedy

Guillermo Alfredo Eduardo Eppridge, nome de batismo de William E. Eppridge (Buenos Aires, 20 de março de 1938 - Danbury, 3 de outubro de 2013), foi um repórter fotográfico argentino, naturalizado norte-americano.[1]

Filho de um engenheiro químico, nasceu na Argentina e cresceu no estado americano da Virginia. Desde criança queria trabalhar com fotógrafo e fez Fotojornalismo na Universidade de Missouri.

Começou na carreira fazendo trabalhos para a National Geographic e em 1964, entrou na Revista Life,[2] onde fez coberturas de personalidades da música, como Pete Seeger, Beatles, Barbra Streisand, Bob Dylan, além de festivais, como Newport Folk Festival e o Festival de Woodstock. Outros trabalhos executados na Life, foram em assassinatos organizados pela Ku Klux Klan, na Guerra do Vietnã e as comemorações dos 50 anos da Revolução de Outubro, em Leningrado.[3]

No início da década de 1970, trabalhou em alguns periódicos, entre estes, o Time e em 1972, entrou para a Sports Illustrated,[4] cobrindo várias Olimpíadas de inverno e verão, a Copa América, a erupção do Monte Santa Helena, em 1980, e o acidente do petroleiro Exxon Valdez.

Alguns de seus trabalhos foram premiados e várias de suas fotos fazem parte de acervos de bibliotecas e museus nos Estados Unidos.

Foto de destaque[editar | editar código-fonte]

Eppridge ganhou notoriedade quando fez a célebre fotografia, em preto e branco, com o corpo de Robert Kennedy sobre uma poça de sangue no Ambassador Hotel, em Los Angeles, onde o senador foi alvejado por dois disparos na cabeça, no dia 5 de junho de 1968.[5]

Referências