Monte Santa Helena

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Santa Helena
1 km de fumaça saindo do vulcão em 19 de maio de 1982
Coordenadas 46° 12′ N 122° 11′ W
Altitude 2549 m (8362 pés)
Proeminência 1404 m
Localização Washington
 Estados Unidos
Cordilheira Cascatas
Primeira ascensão 1853 por Thomas J. Dryer
Rota mais fácil Rota através da inclinação sul do vulcão (a área mais próxima da erupção do vulcão)

Monte Santa Helena (em inglês: Mount St. Helens) ou Louwala-Clough (conhecido como Lawetlat'la pelos povos indígenas cowlitz e como Loowit pelos klickitats) é um vulcão ativo localizado no condado de Skamania, Washington, na região do Noroeste Pacífico dos Estados Unidos. Ele está a 154 km ao sul da cidade de Seattle 80 km a nordeste de Portland, no Oregon. O Monte Santa Helena recebeu esse nome por conta do diplomata britânico Lord St Helens, um amigo explorador George Vancouver, que fez um levantamento da região no final do século XVIII.[1] O vulcão está localizado na Cordilheira das Cascatas e é parte do Arco Vulcânico das Cascatas, um segmento do Anel de Fogo do Pacífico, que inclui mais de 160 vulcões ativos. Este vulcão é bem conhecido por suas explosões de cinzas e fluxos piroclásticos.

O monte é mais notório por sua catastrófica erupção em 18 de maio de 1980,[2] o mais mortal e economicamente destrutivo evento vulcânico na história dos Estados Unidos. Cinquenta e sete pessoas foram mortas; 250 casas, 47 pontes, 24 km de estradas de ferro e 298 km de rodovias foram destruídos. A maciça avalanche de detritos foi desencadeada por um terremoto de magnitude de 5,1 na escala Richter que causou uma erupção vulcânica,[3] que reduziu a elevação do cume da montanha de 2.950 m para 2.549 m e o substituiu por uma cratera de 1,6 km de largura em forma de ferradura.[4] A avalanche de detritos moveu até 2,9 km³ em volume. O Monumento Nacional Vulcânico do Monte Santa Helena foi criado para preservar o vulcão e permitir estudos científicos.

Tal como acontece com a maioria dos outros vulcões na Cordilheira das Cascatas, o Monte Santa Helena é um grande cone eruptivo que consiste em rocha de lava com intercalações de cinzas, pedra-pomes e outros depósitos. A montanha inclui camadas de basalto e andesito através do qual várias cúpulas de lava de dacito já entraram em erupção. A maior das cúpulas de dacito formaram o cume anterior, que foi destruído na erupção de 1980.

Ver também

Referências

  1. «Mount Saint Helens». Geographic Names Information System, U.S. Geological Survey. 
  2. «Mount St. Helens National Volcanic Monument». Serviço Florestal dos Estados Unidos. Arquivado desde o original em 2006-11-28. 
  3. «Mount St. Helens – From the 1980 Eruption to 2000». Fact Sheet 036-00. United States Geological Survey. Consultado em 12 de novembro de 2006. 
  4. «18 de maio de 1980 Eruption of Mount St. Helens». USDA Forest Service. Arquivado desde o original em 29 de maio de 2009. 

Ligações externas

Ícone de esboço Este artigo sobre geografia dos Estados Unidos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.