BoJack Horseman

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção se refere ou tem relação com uma série televisiva em exibição.
A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (Editado pela última vez em 26 de dezembro de 2017.)
TV Future Icon.svg
BoJack Horseman
BoJack Horseman (BR)
Informação geral
Formato Sitcom
Gênero Animação
Animação para adultos
Comédia dramática
Humor ácido
Sátira
Duração 25 minutos
Criador(es) Raphael Bob-Waksberg
País de origem  Estados Unidos
Idioma original Inglês
Produção
Produtor(es) executivo(s) Will Arnett
Alisson Veloso
Aaron Paul
Steven A. Cohen
Noel Bright
Distribuída por Netflix
Vozes de Will Arnett
Amy Sedaris
Alison Brie
Paul F. Tompkins
Aaron Paul
Tema de abertura "BoJack Horseman Theme"
Tema de encerramento "BoJack Horseman End Theme"
Compositor da música tema Patrick Carney feat. Ralph Carney
Exibição
Emissora de televisão original Netflix
Formato de exibição 1080p (HDTV)
Formato de áudio Dolby Digital Plus 5.1
Transmissão original 22 de agosto de 2014— presente
N.º de temporadas 4
N.º de episódios 48+1 especial

(lista de episódios)

BoJack Horseman é uma sitcom americana criada por Raphael Bob-Waksberg. A série é estrelada por Will Arnett como o personagem principal, BoJack Horseman. O elenco de apoio também inclui Aaron Paul, Amy Sedaris, Alison Brie, Paul F. Tompkins e Minae Noji. A primeira temporada da série estreou em 22 de Agosto de 2014, na Netflix.[1]

Ambientação[editar | editar código-fonte]

A série é ambientada em um mundo onde os seres humanos e animais antropomórficos vivem lado a lado, enfocando especificamente a vida decadente da estrela do seriado dos anos 90, BoJack Horseman, enquanto ele planeja realizar um triunfal retorno à relevância de celebridade com uma biografia, que conta tudo que ele dita para sua ghostwriter, Diane Nguyen. BoJack também tem de lidar com as demandas da Princesa Carolyn, sua agente; Todd, seu colega folgado e o Sr. Peanutbutter, um cão de uma sitcom dos anos 90 com uma premissa semelhante ao Horsin' Around.

Episódios[editar | editar código-fonte]

Temporada Episódios Data de Lançamento original
1
12
22 de Agosto de 2014[2]
Especial 19 de dezembro de 2014
2
12
17 de Julho de 2015
3
12
22 de Julho de 2016
4
12
08 de Setembro de 2017

Personagens[editar | editar código-fonte]

Principais
Dubladores Brasil Dubladores EUA Personagem Temporadas
Hércules Franco Will Arnett Bojack Horseman Regular
Guto Nejaim Aaron Paul Todd Chavez Regular
Raphael Rossatto Paul F. Tompkins Sr. Peanutbutter Regular
Marcela Duarte Alison Brie Diane Nguyen Regular
Marcia Coutinho Amy Sedaris  Princesa Caroline Regular
Recorrentes
Kristen Schaal Sarah Lynn Recorrente
John Krasinski Secretariat Memorias
Olivia Wilde Charlotte Moore Recorrente
Stanley Tucci Herb Kazzaz Recorrente
Lisa Kudrow Wanda Pierce Recorrente
Celebridades
Yvette Nicole Brown Beyoncé Aparição

Dubladores[editar | editar código-fonte]

  • BoJack Horseman - Hércules Franco
  • Todd Chavez - Guto Nejaim
  • Diane Nguyen - Marcela Duarte
  • Princesa Caroline - Marcia Coutinho
  • Sr. Peanutbutter - Raphael Rossatto
  • Pinky Pinguim - Ricardo Schnetzer
  • Holly - Christiane Monteiro
  • Ralph - Sérgio Muniz
  • Vozes Adicionais: Amanda Borghetti, Ana Lúcia Menezes, Bernardo Coutinho, Cafi Balloussier, Carla Pompílio, Carlos Gesteira, Christiane Louise, Dudu Fevereiro, Evie Saide, Fabrício Vila Verde, Fred Mascarenhas, Gabriela Medeiros, Geisa Vidal, Isabela Quadros, Jéssica Vieira, Léo Rabelo, Lina Mendes, Luiz Alberto Assis, Mabel Cezar, Malta Júnior, Marcelo Coutinho, Marcelo Mattos, Márcio Dondi, Martha Cohen, Mckeidy Lisita, Miguel Rosenberg, Nando Sierpe, Paula Troyack, Rafael Capelli, Renan Vidal, Ricardo Juarez, Sérgio Fortuna, Teline Carvalho e Wirley Contaifer
  • Estúdio: Double Sound

Crítica[editar | editar código-fonte]

Apesar de terem feito comentários mistos em sua estréia, os críticos foram notavelmente mais positivos em relação à segunda metade da primeira temporada, antes de aclamarem universalmente as temporadas seguintes.[3][4]A quarta temporada possui nota 87 pela média dos críticos no MetaCritic.[5]

O New York Times descreveu o show como "...hilariante e irreverente".[6] No Slate, Willa Paskin esteve entusiasmada logo com a primeira temporada. "Muitas vezes é muito inteligente, e, além disso, bem afinado para o irrisório tipo de baixo nível de fama que rodeia BoJack." Ela é comparada a 30 Rock em sua capacidade de "apresentar grandes ideias sem ter que comprometer-se a elas."[7]

Em sua review para a primeira temporada, Erik Adams deu uma nota C+; Adams escreveu que a série "satiriza o vazio da celebridade, mas o faz sem qualquer novidade ou verdadeiro discernimento."[8]

Em sua review para a quarta temporada, o IndieWire deu à série a nota máxima, A, comentando que "até o final da temporada, conhecemos esses personagens, e esse show, muito melhor do que nunca. Os tropos de assinatura de BoJack - as piadas visuais de fundo, as trocadilhos de animais, os momentos brutais de tristeza - permanecem consistentemente consistentes, mas o foco volta em grande parte para dentro, garantindo que algumas das parcelas mais extravagantes suportem e destaquem os argumentos mais emocionais."[9]

Em 2017 a série recebeu o prêmio de "Distinção especial para séries de TV" do Festival de cinema de animação de Annecy.[10]

Referências

  1. Bill Harris (20 de agosto de 2014). «'Breaking Bad's' Aaron Paul gets animated in Netflix's 'BoJack Horseman'». Toronto Sun. Consultado em 21 de agosto de 2014 
  2. «Here's what you'll be watching on Netflix in 2014». The Independent (em inglês). 14 de janeiro de 2014 
  3. «BoJack Horseman: Season 1 (2014)». Rotten Tomatoes. Consultado em 8 de setembro de 2014 
  4. «BoJack Horseman: Season 2 (2015)». Rotten Tomatoes. Consultado em 22 de julho de 2015 
  5. http://www.metacritic.com/tv/bojack-horseman/season-4/critic-reviews
  6. Neil, Genzlinger (24 de agosto de 2014). «A Talking Horse of a Different Color: Blue» 
  7. Paskin, Willa (22 de agosto de 2014). «The Longest Face». Slate. Consultado em 23 de agosto de 2014 
  8. Adams, Erik (21 de agosto de 2014). «Netflix's entry into the adult-animation race, BoJack Horseman, stumbles out of the gate». The A.V. Club. Consultado em 22 de agosto de 2014 
  9. http://www.indiewire.com/2017/08/bojack-horseman-season-4-review-netflix-1201871227/
  10. https://www.annecy.org/festival/awards/film-index-award-winner:film-20172758

Ligações externas[editar | editar código-fonte]