Branca da Bretanha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Branca da Bretanha
Dama de Brie-Comte-Robert
Cônjuge Filipe de Artois
Casa Casa de Dreux
Nascimento 1270
  Rennes, Bretanha, França
Morte 19 de março de 1327
  Castelo de Vincennes, Vale do Marne, França
Enterro Convento dos Jacobinos, Rua Saint-Jacques, Paris[1]
Pai João II, Duque da Bretanha
Mãe Beatriz de Inglaterra

Branca da Bretanha ou Branca de Dreux (Rennes, 1270 - Castelo de Vincennes, 19 de março de 1327), foi a filha de João II, Duque da Bretanha e de Beatriz de Inglaterra, que era filha do Rei Henrique III de Inglaterra e de Leonor da Provença. Por parte de sua mãe, era sobrinha de Eduardo I de Inglaterra e de Margarida de Inglaterra, consorte de Alexandre III da Escócia.

Casamento[editar | editar código-fonte]

Branca se casou com Filipe de Artois em Paris, depois de novembro de 1281. Ele era filho de Roberto II de Artois e de Amícia de Courtenay.

Brasão da Casa de Dreux.

Seus filhos foram:

O marido de Branca, Filipe, lutou ao lado de seu pai na Batalha de Furnes, ocorrida em 20 de agosto de 1297, entre os franceses liderados por Roberto II, e os flamengos sob a liderança de Guy de Dampierre e Walram, Conde de Jülich. Filipe foi gravemente ferido e morreu no ano seguinte, em 11 de setembro de 1298.

Mais tarde, com a morte de Roberto II de Artois em 11 de julho de 1302, o condado de Artois foi herdado pela irmã de Filipe, Matilde de Artois, em vez do filho de Branca, Roberto III de Artois. Após a morte da condessa em 28 de outubro de 1329, Artois foi herdado pela filha de Matilde, Joana II, condessa da Borgonha, esposa do Rei Filipe V de França.

Branca morreu em 19 de março de 1327, no Castelo de Vincennes, em Vincennes, e foi enterrada no Convento dos Jacobinos, na Rua Saint-Jacques, em Paris.

Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Referências