Brasão de Belo Horizonte

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2016). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Brasão de Belo Horizonte

A Lei n.º 6.938 de 16 de agosto de 1995 dispõe sobre os símbolos do Município.

Descrição do brasão de Belo Horizonte:

  • Uma coroa mural de ouro de cinco torres, privativa de município capital de Estado.
  • Escudo redondo português, lembrando a origem da nacionalidade brasileira;
  • Em fundo azul, um sol nascente de ouro surgindo do lado esquerdo da Serra do Curral Del Rei, em verde;
  • Em chefe de ouro, um triângulo equilátero, em vermelho, símbolo do anseio de liberdade dos inconfidentes mineiros de 1789;
  • No filete vermelho, em letras de prata, as legendas: à direita, 17-12-1893 e, à esquerda, 12-12-1897. Datas, respectivas, da criação e instalação da nova capital do Estado de Minas Gerais;

Erro de confecção[editar | editar código-fonte]

A coroa mural dourada, acima do escudo, é peça utilizada na heráldica municipal (também denominada "civil") do Brasil como convenção para capitais de estado. Apesar de algumas exceções, várias capitais brasileiras adotam a mesma peça, não tendo esta necessariamente que seguir um padrão gráfico e estilo único. Esta,porém, deve possuir cinco torres visíveis, contendo cada torre uma porta, preenchida em preto (sable), e a cor amarelo-escura ou dourada para sua reprodução, quando se trata de capital de estado.

Ícone de esboço Este artigo sobre heráldica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.