Buclizina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estrutura química de Buclizina
Buclizina
Star of life caution.svg Aviso médico
Nome IUPAC (sistemática)
(RS)-1-[(4-chlorophenyl)- phenyl-methyl]-4- [(4-tert-butylphenyl) methyl] piperazine
Identificadores
CAS 82-95-1
ATC R06AE01
PubChem 6729
DrugBank APRD00723
Informação química
Fórmula molecular C28H33N2Cl 
Massa molar 433,028 g/mol
Farmacocinética
Biodisponibilidade  ?
Metabolismo  ?
Meia-vida  ?
Excreção  ?
Considerações terapêuticas
Administração  ?
DL50  ?

Buclizina também conhecido pelo nome comercial Buclina[1] é um antiemético, inibidor de receptores de histamina H1. É utilizado em situações de enjoo, em viagens de navio, avião, ônibus ou qualquer outra que provoque esta sensação. O medicamento não pode ser utilizado em grávidas ou que estão no período de aleitamento materno,[2] pois ocorre risco de teratogenia no feto.[3] É também um estimulante do apetite.[4]

Mecanismo de ação[editar | editar código-fonte]

Inibição dos receptores H1 da histamina.[3]

Doses usuais[editar | editar código-fonte]

As doses utilizadas na clínica médica são de 50 a 150 mg ao dia, divididas em três administrações.[3]

Notas e referências

  1. «Buclizina (Buclina)». www.tuasaude.com. Consultado em 7 de abril de 2016 
  2. «Uso de Buclina na gravidez e amamentação». www.minhavida.com.br. Consultado em 7 de abril de 2016 
  3. a b c P.R. Vade-mécum ABIMIP 2006/2007
  4. Introdução à Farmacologia. [S.l.: s.n.] 
Ícone de esboço Este artigo sobre fármacos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.