Carlos Fernando, Duque de Berry

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Carlos Fernando
Duque de Berry
Esposa Carolina das Duas Sicílias
Descendência Luísa Isabel de Artois
Luís de Artois
Luísa Maria Teresa de Artois
Henrique, Conde de Chambord
Casa Bourbon
Nascimento 24 de janeiro de 1778
  Palácio de Versalhes, Versalhes, França
Morte 14 de fevereiro de 1820 (42 anos)
  Paris, França
Enterro Basílica de Saint-Denis, Saint-Denis, França
Pai Carlos X de França
Mãe Maria Teresa de Saboia
Religião Catolicismo
Assinatura Assinatura de Carlos Fernando

Carlos Fernando de Artois, Duque de Berry (Versalhes, 24 de janeiro de 1778Paris, 14 de fevereiro de 1820) foi o terceiro e mais novo filho do rei Carlos X de França, na época que ainda era apenas Conde de Artois, e sua esposa Maria Teresa da Sardenha. Após a Revolução Francesa, ele fugiu do país e lutou nas forças contra-revolucionárias de Luís José, Príncipe de Condé, e depois no exército da Rússia. Ele viveu no Reino Unido até a restauração de seu tio Luís XVIII, sendo nomeado comandante do exército de Paris. Casou-se em 1816 com Carolina de Nápoles e Sicília, com quem teve quatro filhos. Carlos Fernando morreu assassinado no início de 1820 por Louis Pierre Louvel, um bonapartista.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Carlos nasceu no Palácio de Versalhes em 24 de janeiro de 1778, sendo o terceiro filho (segundo varão) de Carlos, conde d'Artois e de Maria Teresa de Saboia. Foi batizado no mesmo dia de seu nascimento, na Capela do Palácio de Versalhes, pelo bispo de Bayeux e capelão da condessa d'Artois, Joseph-Dominique Cheylus.[1][nota 1] Com a eclosão da Revolução Francesa, seus pais emigraram inicialmente para Turim e posteriormente para a Grã-Bretanha, onde passou a usar o título do apanágio paterno como sobrenome.[2]

Notas

  1. A cerimônia de batismo foi complementada posteriormente, em 28 de agosto de 1785, em cerimônia oficiada por Armand de Roquelaure, bispo de Senlis e capelão-mór do rei. Seus padrinhos foram os reis Carlos III de Espanha (representado pelo Conde de Provença) e Luís XVI de França, e suas madrinhas foram as rainhas Maria Antônia da Sardenha (representada pela Condessa de Provença) e Maria Antonieta de França.[1]

Referências

  1. a b «Baptême du duc de Berry». Comte de Chambord (em francês). Consultado em 14 de Março de 2016 
  2. Fraser 2001, p. 340.