Carmageddon

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém fontes no fim do texto, mas que não são citadas no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde junho de 2010)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.


Carmageddon
Produtora(s) Stainless Games
Editora(s) SCi, Interplay
Plataforma(s) MS-DOS, Microsoft Windows, Mac OS, Nintendo 64, Playstation, Game Boy Color, Android, iOS
Data(s) de lançamento 30 de junho de 1997
Gênero(s) Corrida
Modos de jogo Single Player, multiplayer

Carmageddon é o primeiro da série de jogos eletrônicos de corrida graficamente violentos, produzido pela Stainless Games e publicado pela Interplay e SCi.

O jogo sempre foi muito polêmico por permitir que o jogador acumule Pontos e Dinheiro por atropelar pedestres.

A história de Carmageddon é baseada em um clássico filme de 1975, Death Race 2000, estrelado por Sylvester Stallone e David Carradine. No então futuro (ano de 2000), uma competição automobilística acumulava pontos para os carros que mais atropelassem pedestres. Além disso, metralhadoras e lâminas faziam parte do arsenal de acessórios dos veículos.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Carmageddon é um jogo essencialmente anárquico, você é posto em uma corrida aparentemente normal, mas sem limites. O jogador pode optar por atropelar os pedestres ou destruir seus adversários se não agradar o simples "completar a volta em menos tempo". Vencer as provas pode se dar de três maneiras diferentes; Completando as voltas no tempo, matando todos os pedestres da prova ou destruindo os carros adversários. A cada corrida o jogador tem um tempo para completar a prova. Esse tempo pode aumentar de acordo com a quantidade que você coleta de bônus, entre: checkpoints, danos aos competidores, pedestres atropelados, formas de atropelamentos ou objetos bônus.

Em muitos países (incluindo Alemanha e Inglaterra) Carmageddon foi lançado com o conteúdo de violência limitado ou censurado, trocando os seres humanos por zumbis ou robôs. A versão brasileira não incluía essa modificação, porém, ao instalar era necessário à criação de uma senha, só com ela era permitido jogar com seres humanos (modo sangue), sem ela o game era iniciado com a versão de robôs.

Porém, mesmo com senhas de segurança, o game acabou sendo proibido no Brasil, o alto nível de carnificina e violência explicita foi o bastante para que em menos de uma semana o governo brasileiro retirasse o produto das prateleiras.

A atitude do governo teve o efeito contrário ao esperado: com a proibição, Carmageddon se tornou um dos mais conhecidos jogos já lançados no Brasil, tendo circulado diversas cópias do mesmo após a veiculação da notícia da proibição do jogo. Na televisão a notícia mostrava cenas do jogo, o que fomentou a curiosidade daqueles que nem conheciam o produto.

Versões[editar | editar código-fonte]

Carmageddon foi originalmente lançado para PC (DOS) em 1994, eventualmente, com o avanço das plataformas, foi produzido uma versão para Microsoft Windows, Macintosh, Playstation (1999), Nintendo 64 (2000), Game Boy Color (2001). A versão para Playstation e Nintendo 64 são mais parecidas com Carmageddon 2.

Expansão[editar | editar código-fonte]

Carmageddon Splat Pack é uma expansão oficial lançada em 1997 pouco tempo após o lançamento do game. A expansão inclui:

  • 20 novas pistas
  • 15 novos oponentes (veículos)
  • 9 novos ambientes (incluindo o inferno)
  • Novos modos de rede
  • Suporte a gráficos 3dfx
  • Red Eagle 2 e Hawk Deluxe avançados

Financiamento coletivo[editar | editar código-fonte]

Em 2012, a Stainless Games anunciou que irá buscar um financiamento coletivo via Kickstarter para retomar a série através do título Carmageddon: Reincarnation,[1][2], que sejá desenvolvido com um motor gráfico atual.[3][4]

Sequências[editar | editar código-fonte]

Outras sequências de sucesso de Carmageddon:

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre jogos eletrônicos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.