Castelo de Mey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Castelo de Mey, Escócia.

O Castelo de Mey (em inglês: Castle of Mey), primitivamente Castelo Barrogill (Barrogill Castle), é um castelo real situado em Caithness, na costa Norte da Escócia, cerca de 6 milhas a Oeste da aldeia de John O'Groats.[1] Com boas condições atmosféricas conseguem avistar-se as Órcades a partir do castelo.

Construção[editar | editar código-fonte]

O castelo foi erguido no século XVI sobre uma fortificação anterior, construída por George Sinclair, o 4º conde de Caithnesse. O castelo tem a reputação de ser assombrado pela Dama Verde (The Green Lady), o fantasma de Elizabeth Sinclair, a filha de George, 5º conde de Caithness. Tendo-se apaixonado por um lavrador local, a infeliz rapariga foi aprisionada no sótão do castelo pelo seu pai e, num acto de desespero, atirou-se de uma janela.

Castelo Real[editar | editar código-fonte]

Encontrava-se num estado de semi-abandono quando, em 1952, a propriedade foi adquirida pela Rainha Elizabeth, a Rainha Mãe, então viúva do Rei Jorge VI do Reino Unido, o qual havia falecido no ano anterior. Passando à categoria de Castelo Real, a Rainha Mãe começou a restaurá-lo para uso como residência de férias. Nessa qualidade, visitou-o regularmente nos meses de Agosto e Outubro desde 1955 até à sua morte em 2002 (a última visita ocorreu em Outubro de 2001).[2]

A Rainha Mãe cedeu a propriedade ao "Queen Elizabeth Castle of Mey Trust", o qual abriu o castelo e o jardim ao público, em bases limitadas, desde a sua morte.

Referências

  1. «Castle Of Mey» (em inglês). Historic Environment Scotland. Consultado em 21 de novembro de 2016. 
  2. «Castle of Mey, Landscape Components». Historic Environment Scotland. Consultado em 21 de novembro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]