Saltar para o conteúdo

Charles-Jean de La Vallée Poussin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
 Nota: Para outros significados, veja La Vallée Poussin.
Charles-Jean de La Vallée Poussin
Charles-Jean de La Vallée Poussin
Nascimento 14 de agosto de 1866
Lovaina
Morte 2 de março de 1962 (95 anos)
Cidade de Bruxelas
Nacionalidade belga
Cidadania Bélgica
Progenitores
  • Charles-Louis de La Vallée Poussin
Alma mater Universidade Católica de Louvain
Ocupação matemático, professor universitário
Prêmios Prêmio Poncelet (1915)
Empregador(a) Universidade Harvard, Universidade de Paris, Universidade Católica de Lovaina
Orientador(a)(es/s) Louis-Philippe Gilbert
Orientado(a)(s) Georges Lemaître
Campo(s) matemática
Tese 1891
Título barão

Charles-Jean Étienne Gustave Nicolas de la Vallée Poussin (Lovaina, 14 de agosto de 18662 de março de 1962) foi um matemático belga.[1]

É conhecido por ter provado o teorema do número primo. O rei da Bélgica concedeu-lhe o título de barão.

Nasceu em Lovaina, onde viveu a maior parte de sua vida. Obteve lições de matemática de Louis-Philippe Gilbert (que era seu tio) na Universidade Católica de Louvain, graduando-se em engenharia e em seguida obteve o doutorado em ciências físicas e matemáticas em 1891, quando aos vinte e cinco anos de idade tornou-se professor assistente de análise matemática. Em 1892 tornou-se professor na mesma universidade onde seu pai Charles-Louis-Joseph-Xavier de la Vallée-Poussin lecionou mineralogia e geologia, obtendo a cátedra de Gilbert após a morte deste.

Referências

Ligações externas

[editar | editar código-fonte]
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) matemático(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.